Em nota, Bahia finalmente revela motivo da ausência de Rodallega

o atleta fez uso de uma medicação para tratar de um quadro de otite

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Nos jogos contra Corinthians e Athletico-PR, o Esporte Clube Bahia não contou com o atacante Rodallega, que até viajou com a delegação, mas não ficou sequer no banco. A ausência se tornou um grande mistério, visto que o clube informou apenas que o atleta foi vetado pelo departamento médico, sem revelar o motivo da lesão. Após muitos rumores, o presidente Guilherme Bellintani adiantou que a questão médica foi ocorrida fora do clube, portanto, estava preservando o atleta. Ainda sem explicação, o atacante retornou à lista de relacionados contra o Palmeiras e entrou em campo no segundo tempo. Mas nesta quarta-feira, finalmente o motivo foi revelado.

 

Segundo comunicado divulgado pelo clube, o atleta fez uso de uma medicação para tratar de um quadro de otite (infecção ou inflamação no ouvido). A medicação poderia ter efeito em exame antidoping, portanto, por precaução, o Bahia decidiu não utilizar o jogador.

“O jogo de ontem marcou o retorno do colombiano Rodallega após duas rodadas. Diante da situação resolvida, o clube informa que a ausência ocorreu porque o jogador fez uso de uma medicação para tratar um quadro de otite aguda, que poderia resultar em um exame antidoping positivo”.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*