Diretor de futebol do Vitória esclarece “afastamento” de jogadores

“Não houve nenhum tipo de discriminação", afirmou o dirigente.

Passando por um momento conturbado dentro e fora das quatro linhas, o Esporte Clube Vitória decidiu “afastar” do elenco principal cinco jogadores não serão mais utilizados pelo técnico Wagner Lopes na sequência da temporada. São eles: Ronan, Matheusinho, Samuel Granada, Sérgio Mota e Gabriel Bispo. O diretor de futebol Alex Brasil concedeu entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (05) e afirmou que os jogadores não foram afastados, mas irão trabalhar junto com o grupo de transição.

 

“Não houve nenhum tipo de discriminação. Claro que em um elenco de 57 atletas, juntando a equipe sub-23, tivemos a coerência de fazer essa divisão desse grupo de transição. Não houve nenhum afastamento. Vão fazer atividades com grupo de transição, o que é natural. Tomamos essa decisão juntamente com direção e comissão técnica. Consultamos o departamento jurídico e de nenhuma forma o Vitória está correndo risco de problema futuro. Tivemos toda essa preocupação”, afirmou.

O diretor também avaliou que o grupo segue focado na busca de tirar o time da zona de rebaixamento e voltar a pontuar na Série B do Campeonato Brasileiro.

VEJA TAMBÉM

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Bahia integra atletas do sub-23 ao principal; Outros podem ser dispensados
  2. Volante retoma etapa de transição no Vitória; Retorno pode acontecer diante do Sampaio

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*