Bahia fará representação na CBF contra arbitragem: “Não dá mais para tolerar”

O árbitro foi chamado pelo VAR, mas não deu a penalidade.

Como prometido pelo presidente Guilherme Bellintani (veja aqui), que na noite de ontem expressou sua indignação com o pênalti não marcado no empate sem gols com o Juventude no Estádio Alfredo Jaconi, o Esporte Clube Bahia fará uma representação contra os erros de arbitragem nesse Campeonato Brasileiro da Série A. O árbitro foi chamado pelo VAR para analisar um lance onde o zagueiro do Juventude tira a bola da direção do gol com a mão, mas ele entendeu como “mão de apoio” e não deu a penalidade. A Central do Apito analisou o lance como pênalti e expulsão do defensor.

 

Em publicação no Twitter, o vice-presidente Vitor Ferraz revelou que o clube já se manifestou ontem junto à CBF “pela desastrosa (para dizer o mínimo) atuação do Sr. Paulo Roberto Alves Júnior”. E confirmou que o Bahia vai fazer uma representação contra erros de arbitragem.

“Amanhã formalizaremos mais uma representação por erros de arbitragem; a terceira só nesse brasileirão. Ontem mesmo fizemos contato com a Diretoria da CBF para manifestar nossa indignação pela desastrosa (para dizer o mínimo) atuação do Sr. Paulo Roberto Alves Júnior…”

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário