Após 7 meses, Bahia volta a aplicar 4 no Fortaleza em momento crucial

A última vez que o Bahia venceu um adversário marcando 4 gols na Série A, foi justamente diante do Fortaleza

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

O Esporte Clube Bahia, no momento exato, na hora precisa, obteve um triunfo daqueles denominados como providenciais, especialmente pela sequência negativa de oito jogos sem vencer, sendo que uma nova derrota seguramente seria a senha para proclamar a República dos Deus nos acuda, aliás, não foi por acaso que o presidente Guilherme Bellintani passou mal durante o jogo eletrizante disputado no Estádio de Pituaçu. No entanto, já quase esquecido, velho Bahia reapareceu e derrotou a excelente equipe do Fortaleza pelo expressivo placar de 4 x 2, em jogo duro que até assustou o torcedor tricolor de aço no segundo tempo, quando o Fortaleza reagiu e fez dois gols em sequência, mas o iluminado Hugo Rodallega, que chegou a ser chamado de “gordo” pelo Governador Rui Costa, marcou quatro vezes e foi o grande nome da noite.

 

A última vez que o Esporte Clube Bahia venceu um adversário marcando quatro gols na Série A, foi justamente diante do Fortaleza, no dia 20 de fevereiro de 2021, porém, valendo pela penúltima rodada do Brasileirão de 2020, que começou e terminou com um certo atraso por conta da pandemia do coronavírus. Naquele jogo, o Esquadrão comandado por Dado Cavalcanti, chegou ameaçado pelo rebaixamento e precisando desesperadamente vencer g goleou o Fortaleza de Enderson Moreira por 4 a 0, com destaque para o meia Rodriguinho autor de três gols e outro de Rossi. Curiosamente, Rodriguinho – que naquela partida fez chover – neste sábado foi figura apagada e ainda perdeu um pênalti quando a partida estava 0 a 0.

Se aquele triunfo expressivo por 4 a 0 foi extremamente importante para garantir a permanência do Bahia na Série A, esse de agora também tem um grau de importância grande, afinal, o Esquadrão vinha de OITO rodadas sem vencer, amargando sete derrotas e um empate, e empatado em número de pontos com o América-MG, primeiro integrante da Zona, ou seja, podendo pisar no Z4 pela primeira vez, e sob protestos dos torcedores horas antes do jogo. Portanto, vencer era fundamental e necessário para respirar na competição e ganhar uma motivação extra para iniciar a recuperação para fugir da zona de rebaixamento.

O triunfo por 4 a 2 encerrou a sequência negativa do Bahia e por outro lado, quebrou uma sequência de seis jogos sem perder do Fortaleza, que diga-se, faz uma excelente campanha na Série A, e melhor de um nordestino no primeiro turno, com 33 pontos na 3ª colocação.

Vencer marcando quatro ou mais gols não é algo comum para o Bahia no Campeonato Brasileiro. Antes dos dois jogos contra o Fortaleza (4 x 0 e 4 x 2), o Bahia havia goleado o Vitória no dia 22 de julho de 2018, por 4 x 1, em partida realizada na Arena Fonte Nova, pela 14ª rodada. Zé Rafael, hoje no Palmeiras, Vinícius, hoje no Ceará, o zagueiro Tiago, e o atacante Gilberto, marcaram os gols da partida. Lucas descontou para o Vitória. Naquela ocasião, o Bahia era comandado pelo técnico Enderson Moreira, hoje comandando o Botafogo. Quem comandava o Leão naquele Ba-Vi era Vagner Mancini, que atualmente está no América-MG.

Um ano antes do triunfo de 4 x 1 no Ba-Vi, o Bahia aplicou 6 a 2 no Athletico-PR, na estreia da Série A de 2017, marcando com Tiago, Zé Rafael, Régis (2x), Edigar Junio e Edson. Puxando na memória, podemos lembrar de outro 4 a 0 do Bahia na Série A, porém, no já distante ano de 2012, contra o Vasco da Gama, em pleno São Januário. Souza “Caveirão” e Jones Carioca (dois cada) marcaram os gols da partida.

Comentários:

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*