Sem vencer há 5 jogos, Bahia estreia hoje na Série A diante do Coritiba

Bahia terá que derrubar um TABU longo e incômodo

Foto: Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação

Nesta quarta-feira (12), o Esporte Clube Bahia inicia sua trajetória no Campeonato Brasileiro da Série A, competição onde no último ano bateu na trave por uma vaga na Copa Libertadores. Fez um primeiro turno impecável, chegando a ocupar o sexto lugar, porém, sofreu uma queda brusca de rendimento no segundo turno chegando a ficar nove jogos sem vencer, e terminando o Brasileirão no modesto 11º lugar, com 49 pontos, atrás de clubes com orçamentos menores como Goiás e Fortalea. Diga-se, se não fosse a gordura que acumulou na primeira parte do campeonato, o time tricolor certamente brigaria contra o rebaixamento até as últimas rodadas.

 

O Esquadrão inicia o Brasileirão com time e técnico pressionados por conta do desempenho pífio nas finais da Copa do Nordeste do Campeonato Baiano. Sem vencer há cinco jogos, sendo três empates (Jacuipense pela semifinal e Atlético-BA pelas finais) e duas derrotas (Ceará pelas finais do Nordeste), enfrenta nesta quarta-feira o Coritiba, às 20h30, no Estádio Metropolitano de Pituaçu, pela segunda rodada. O adversário vem de três derrotas consecutivas, duas pelas finais do Campeonato Paranaense contra o Athletico-PR e uma para o Internacional pela estreia do Brasileirão.

Para encerrar o jejum de cinco jogos sem triunfo, o Esporte Clube Bahia terá que derrubar um TABU longo e incômodo. Contando apenas jogos pelo Campeonato Brasileiro, o Esquadrão não vence o Coritiba há 35 anos, quando venceu por 2 a 1, no dia 17 de março de 1985. De lá para cá, foram mais 20 confrontos pelo Brasileirão e só empatou ou perdeu. São 13 empates e 7 derrotas. Pelo Brasileirão, são 27 jogos, com 3 triunfos do Bahia, 15 empates e 9 vitórias do Coritiba. O último triunfo do Esquadrão sobre o Coritiba ocorreu em 1999, pela Copa do Brasil, por 3 a 0. Contando todas as competições, também são 20 jogos sem vencer.

Deixe seu comentário

1 Comentário

  1. Nós gostamos assim…
    As galinhas fujonas se preocupando com o Bi campeão brasileiro….
    Dois anos consecutivos em 5o no Bahiano, vendendo o almoço para comprar a janta e devendo até a alma…
    E assistindo nosso progresso….

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*