Atacante do Ceará celebra vantagem contra o Bahia, mas pede pés no chão

Mateus Gonçalves já havia marcado gol contra o Bahia

Felipe Santos / Ceará SC

Neste sábado, o Ceará deu um passo enorme para conquistar o bicampeonato da Copa do Nordeste ao vencer o Esporte Clube Bahia, pelo placar de 3 a 1, no Estádio Metropolitano de Pituaçu. Com o resultado, o Vozão pode se dá ao luxo de perder até por um gol de diferença que ainda assim garante a “Orelhuda”. O Esquadrão, por sua vez, precisa vencer por dois gols de diferença para levar a decisão para os pênaltis ou de um improvável 3 a 0 para levantar a taça no tempo normal. Um dos destaques da partida foi o atacante Mateus Gonçalves, que não vinha tendo muitas oportunidades com o técnico Guto Ferreira, mas entrou no segundo tempo e marcou o terceiro gol. O jogador celebrou o gol e a vantagem conquistada pelo time cearense, porém, pede que a equipe não se acomoda e mantenha os pés no chão.

 

“Estou muito feliz de ter entrado e feito esse gol tão importante para a equipe. Mas não podemos nos acomodar, porque é uma final de 180 minutos. Só vai terminar quando o juiz apitar na terça-feira. Estou muito feliz com a oportunidade que o professor me deu. Trabalhei com pés no chão e paciência por isso. Foi tudo no tempo de Deus e eu consegui concretizar meu trabalho com o gol”, comenta o atleta.

Os dois gols de Mateus Gonçalves marcados em 2020 foram pela Copa do Nordeste contra o Bahia: o primeiro no empate em 2 a 2 na fase de grupos, e o segundo na decisão do torneio. Bahia e Ceará voltam a se enfrentar na próxima terça-feira (4) pelo segundo jogo da final do Nordestão, às 21h30, no Estádio de Pituaçu.

VEJA TAMBÉM

Deixe seu comentário