Comentarista é afastado após fala racista direcionada ao atacante Marinho

Atacante do Santos, Marinho fez um desabafo nas redes sociais

Foto: Marcello Zambrana/Agif

Após o comentário racista durante uma transmissão ao vivo na quinta-feira à noite direcionado ao atacante Marinho, com passagem destacada pelo Vitória e atualmente jogando no Santos, o comentarista esportivo Fábio Benedetti foi afastado da rádio onde trabalhava, a Energia 97 FM, de São Paulo. Em nota publicada nas redes sociais, a emissora afirmou que “não compactua com nenhum tipo de injúria racial”. O comentário racista de Benedetti ocorreu quando ele e colegas comentavam o fato de Marinho ter sido expulso ainda no primeiro tempo do jogo entre Santos e Ponte Preta, pelas quartas de final do Campeonato Paulista.

 

Ao ser perguntado que mensagem mandaria a Marinho em um grupo de WhatsApp do qual os dois fariam parte, Benedeti disse: “Eu vou falar assim: ‘Você é burro, você está na senzala, você vai sair do grupo uma semana para pensar sobre o que fez'”.

“A Energia 97FM repudia severamente as palavras proferidas e vem por meio deste deixar explícito que não compactua com nenhum tipo de injúria racial. Decidimos afastar o comentarista e já estamos em contato com ele para decidirmos como serão conduzidos os próximos passos”, escreveu a rádio em nota, que prometeu não se ater “apenas a palavras ou desculpas”, disse em parte da nota.

Na sexta-feira, Marinho gravou um vídeo no qual protestava contra o comentário de Benedetti. Chorando, o jogador lamentou o fato de a Justiça ainda não punir “esses caras, preconceituosos e vermes”. “Quando acontece com a gente, a gente sente mais. E eu brigo toda hora. Por isso que eu brigo pela causa. Porque quando a gente passa na pele, é horrível. E a gente não pode deixar passar isso. E eu sei quem eu sou, o valor que eu tenho. Antigamente, eu não tinha voz ativa e passavam desapercebidas todas essas coisas. E muita gente que não tem voz ativa baixa a cabeça e anda. Mas hoje eu sempre brigo pela causa porque tenho voz ativa”, afirmou. (veja o vídeo ao final do texto).

Por meio das redes sociais, o comentarista se pronunciou e pediu desculpas pelo comentário “infeliz”.

“Olá pessoal, Venho através deste vídeo pedir minhas sinceras desculpas pelo comentário infeliz que fiz ontem referente ao jogador Marinho, na transmissão do jogo do Santos contra a Ponte. Quero reforçar que sou e sempre fui totalmente contrário à qualquer tipo de discriminação e lamento muito pelo ocorrido , em momento algum tive a intenção de ofender ninguém. Por isso, quero aproveitar essa infeliz situação que provoquei como oportunidade de aprendizado.

Peço minhas sinceras desculpas pelo comentário proferido e estou completamente arrependido por ele. Nas próximas semanas estarei cedendo meu lugar de fala em minhas redes sociais para promover a discussão sobre assunto tão necessário e urgente na sociedade e no esporte. Já entrei em contato com o Marinho para me desculpar e gostaria de tornar público o meu arrependimento. Mais uma vez quero pedir desculpas ao Marinho e a todos que se sentiram ofendidos pelo meu comentário infeliz! Obrigado”

Deixe seu comentário

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Vitória divulga mensagem de apoio ao atacante Marinho: 'Força DiMarinho'
  2. Comentarista é afastado após fala racista direcionada ao atacante Marinho – JOOB Palpites de Futebol 2020

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*