Ex-meia do Vitória reforça o CSA na reta final do Campeonato Alagoano

Andrigo se recuperou de lesão e entrou no clássico de sexta-feira

Foto: Augusto Oliveira/CSA

Com passagens por Vitória e Figueirense na temporada passada, o meia Andrigo chegou ao CSA em março, porém, fez sua estreia em 2020 somente na última sexta-feira. Recuperado de desconforto muscular, o jogador atuou no triunfo do CSA sobre o CRB, por 1 a 0, entrando em campo aos 13 minutos do segundo tempo, no lugar de Allano, e reforça o time de Eduardo Baptista na reta final do Campeonato Alagoano. Além de Andrigo, o treinador do Azulão deve contar também com Renatinho para o jogo contra o Murici, às 16h da segunda-feira. O meia se recupera de lesão no joelho.

 

Na entrevista coletiva após a partida, o técnico Eduardo Baptista resumiu a dificuldade de encontrar um camisa 10 de qualidade disponível no mercado. “É difícil achar esse meia, o camisa 10. O clube tem procurado, mas é muito difícil.

Andrigo chegou a Toca do Leão em janeiro de 2019 como parte da negociação com o Internacional pelo atacante Neilton. Com a camisa rubro-negra, o meia atuou 18 vezes (17 como titular) e marcou 2 gols contra Atlético de Alagoinhas, pelo Campeonato Baiano e Confiança, pela Copa do Nordeste. Seu último jogo foi contra o Guarani, na derrota por 3 a 2, no Brinco de Ouro, pela Série B, antes de deixar o clube contratado pelo Figueirense para sequência da Série B de 2019. No Figueira, disputou 17 jogos e marcou três gols.

VEJA TAMBÉM

Deixe seu comentário