Sede do Atlético-BA é invadida, troféus são quebrados e uniformes roubados

Presidente do Carcará divulgou um vídeo nas redes sociais

No último sábado (31), criminosos invadiram a sede do Atlético de Alagoinhas, roubaram materiais de treino, danificaram parte da sala administrativa da agremiação e quebraram troféus do clube, além disso, os vândalos picharam a parede da sede com a sigla BDM, referente à facção criminosa Bonde do Maluco. Em vídeo divulgado nas redes sociais, o presidente do Carcará, Albino Leite, mostrou a situação do local após o ocorrido e revelou que  os criminosos arrombaram a entrada em que havia instalado um ar condicionado. O dirigente prestou queixa no Departamento de Polícia do Interior (Depin) de Alagoinhas. Veja o vídeo ao final do texto.

 

“Eu fui surpreendido por volta das 9h. Me avisaram que o Carneirão foi invadido por vândalos e que também tinham invadido a nossa sede, na parte interna do Carneirão. Eu me desloquei pra lá e vi coisas quebradas, troféus quebrados, documentos e gavetas no chão”, lamentou, em entrevista ao Bahia Notícias.

“Já identificamos que alguns uniformes de treino não estão lá. Estamos buscando ver mais o que houve, além dos troféus. Foi feito o BO. A polícia técnica esteve no local e fez o levantamento. O presidente da FBF [Federação Bahiana de Futebol] me pediu pra fazer um levantamento de quais troféus foram recuperados pra fazer a recuperação. Eu agradeci ao Ricardo [Lima, presidente da FBF] por esse apoio imediato”, disse.

Veja abaixo:

Deixe seu comentário

1 Trackback / Pingback

  1. Contrato chega ao fim e lateral deixa o Esporte Clube Bahia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*