Com o fim do Mundial, Flamengo deve retomar conversa por Gregore

Gregore tem contrato com o Bahia até o final de 2021

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

A temporada 2019 só encerrou definitivamente para o Flamengo no último sábado, com o vice-campeonato do Mundial de Clubes após derrota por 1 a 0 para o Liverpool na prorrogação com gol de Roberto Firmino. Agora a diretoria rubro-negra terá que redobrar os trabalhos para manter as principais peças do elenco e também o seu treinador. A prioridade é segurar o artilheiro Gabigol, que está emprestado pela Inter de Milão (ITA) até 31 de dezembro, mas tem um acordo encaminhado para renovar o seu contrato, porém, resta saber se ele vai decidir permanecer no Brasil ou retornar à Europa. De acordo com o jornal italiano La Gazzetta dello Sport, a Internazionale gostaria de receber 25 milhões de euros (cerca de R$ 112 milhões) parcelados pelo atacante, que gostaria de receber 6 milhões de euros (cerca de R$ 27 milhões) anuais de salários.

 

Outra pendência a ser resolvida pela diretoria é a permanência de Jorge Jesus, que tem contrato até maio e existe o desejo das partes pela permanência, no entanto, o técnico deixa claro seu desejo de treinar um clube europeu. Vale lembrar que outros jogadores do elenco devem receber propostas, casos de Bruno Henrique e Gerson. Até aqui, o Flamengo já acertou com dois reforços: o zagueiro Gustavo Henrique, do Santos, e Pedro Rocha, atacante do Spartak Moscou (RUS) que disputou o último Campeonato Brasileiro pelo Cruzeiro. Além disso, o clube carioca busca outros nomes no mercado, e um dos cotados é o volante Gregore. O próprio empresário do jogador do Bahia confirmou que recebeu sondagem pelo atleta e revelou que a conversa deve ser retomada após a final do Mundial.

“Acho que o Flamengo deve dar uma continuidade à sondagem. Acho que será pós o jogo de amanhã do Mundial. O interesse existe. Como ética e consideração por Guilherme Bellintani e Vitor Ferraz, por todos do Bahia que abriu a porta e sempre vai abrir. Sempre falo com ética. Gregore é atleta do Bahia, está feliz e tem contrato até 2021. Surgindo oferta que agrade todos, vamos dar sequência, sem prejudicar o Bahia em nenhuma vírgula”, declarou recentemente, em entrevista ao Bahia Notícias.

Gregore chegou ao Bahia após defender o Santos no Campeonato Brasileiro de Aspirantes em 2017, emprestado pelo São Carlos-SP até o final de 2018, no entanto, despontou rápido o que fez com que a diretoria tricolor adquirisse o seu passe em definitivo em maio do ano passado, desembolsando R$ 1 milhão por 50% dos direitos econômicos. Recententemente, o Bahia comprou mais 40% dos direitos econômicos do camisa 26 (sem revelar valores) e agora possui 90%. Seu contrato com o Esquadrão de Aço é válido até 2021. Em duas temporadas, o volante já disputou mais de 100 jogos pelo Esquadrão de Aço, mas não marcou nenhum gol.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*