“Não vou fugir das minhas responsabilidades”, diz Bellintani após eliminação do Bahia

"Era um campeonato muito importante para a gente", disse

Eliminado da Copa do Nordeste ao perder para o time quase reserva do Sampaio Corrêa no Castelão, em São Luís do Maranhão, o Esporte Clube Bahia soma mais uma decepção na temporada. A primeira foi a eliminação na primeira fase da Copa Sul-Americana ao perder em Salvador e apenas empatar no Uruguai com o modesto Liverpool. Neste sábado, após a partida, o presidente Guilherme Bellintani veio a público para pedir cautela nesse momento e afirmou que não irá fugir das suas responsabilidades.

“Eu repito uma coisa sempre nos piores momentos. A gente não pode nos piores momentos que é entender que está tudo uma tragédia. Se a gente ganhasse aqui hoje, a temporada tinha sido superada, ficava o trauma da eliminação da Sul-Americana e a gente seguia com alguma dificuldade com a classificação na Copa do Nordeste, claro, mas seguíamos razoavelmente bem. Infelizmente marca muito é uma ferida que deixa cicatrizes assim como foi a perda da Copa do Nordeste do ano passado contra o próprio Sampaio Corrêa, mas não daqueles de sempre depois do jogo tomar decisões atabalhoadas e nem de achar simplesmente que tudo precisa ser jogado no lixo e ninguém presta. Vamos com muita cautela, sofrer, estamos todos sofrendo, mas eu sou o que tenho que ter o papel mais racional nesses momentos, sem fugir das minhas responsabilidades”, afirmou.

O presidente também falou sobre a decepção com a eliminação na Copa do Nordeste que era tratada como prioridade pela diretoria nesse primeiro semestre. Veja outras falas do mandatário abaixo:

 

“Muito abaixo do que a gente poderia e deveria. Era um campeonato muito importante para a gente, estava nos nossos planos ganha o título da Copa do Nordeste nesse ano. Infelizmente não foi possível e a gente tem que parar agora e ter exatamente a noção de onde estão os erros e não são poucos, esse jogo mostrou isso. E pedir desculpas à torcida, replanejar a temporada com base no que a gente está aprendendo aqui nas porradas que estamos tomando”, disse.

“A gente tem que ver exatamente por que o time não rendeu até agora o que a gente esperava. A formação do elenco, que a gente entende como promissor, com um treinador que é sério, competente e que trabalha, mas alguma coisa não está encaixando pelos resultados. A dificuldade que nós tivemos para classificar no Campeonato Baiano, agora uma eliminação precoce na Copa do Nordeste, uma eliminação precoce da Copa Sul-Americana. De fato com cabeça tranquila para cuidar de corrigir os erros de forma muito acintosa para que no resto da temporada consiga render bem”, completou.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*