Vitória ajuda, mas Bahia dá vexame e está eliminado da Copa do Nordeste

Esquadrão perdeu para o já eliminado Sampaio Corrêa

Foto: Felipe Oliveira / Divulgação / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia entrou em campo neste sábado dependendo de uma combinação de resultados para se classificar para as quartas de final da Copa do Nordeste. O arquirrival Vitória até “ajudou” ao empatar com o Náutico no Barradão. Mas quis o destino que o Esquadrão reencontrasse na última rodada o Sampaio Corrêa, algoz tricolor na final da Copa do Nordeste de 2018 e novamente atrapalhando a vida do time baiano que pagou vexame ao perder por 1 a 0 no Castelão em São Luís do Maranhão, ficando de fora do mata-mata do principal e maior torneio regional do Brasil.

Após 45 minutos terríveis, especialmente pelo lado do Bahia que pouco criou, o Sampaio Corrêa protagonizou o único lance bonito da etapa inicial marcando um golaço com Cleitinho pegando o goleiro Anderson adiantado e acertando um chutaço de antes do meio-campo. No segundo tempo, Enderson colocou Artur, Ramires e Fernandão, porém, o time tricolor seguiu apático e foi a equipe maranhense que quase fez o segundo esbarrando no travessão. Sem demonstrar o mesmo poder ofensivo que apresentou nas quatro partidas anteriores, o Tricolor Baiano não conseguiu sequer marcar um gol, ainda assim, não ajudaria já que somente com o triunfo poderia ultrapassar o Náutico.

O Bahia terminou na quinta colocação do Grupo B, com 12 pontos, e uma campanha de 3 triunfos, 3 empates e 2 derrotas, 15 gols marcados e 7 sofridos. Se classificaram na chave Ceará, Botafogo da Paraíba, CSA e Náutico. No Grupo A, se classificaram, Santa Cruz, Fortaleza, CRB e Vitória.

 

O Bahia jogou com: Anderson; Flávio, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Douglas Augusto e Elton (Artur); Élber, Shaylon (Eric Ramires) e Arthur Caíke; Gilberto (Fernandão).

O próximo compromisso do Bahia também tem caráter decisivo. Enfrenta já na próxima terça-feira (02/04) o CRB, às 19h15, no Estádio Rei Pelé, pelo jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O duelo de volta será uma semana depois, no dia 9 de abril, às 21h30, na Arena Fonte Nova.

Lembrando que nas quartas de final, ao contrário do que vinha acontecendo na primeira fase, os clubes se enfrentam no mesmo grupo. Com o primeiro colocado enfrentando o quarto. O segundo encara o terceiro em jogos únicos, com mando de campo para o time de melhor campanha, acumulando os resultados a cada fase. A semifinal o procedimento será o mesmo. Somente a final será em ida e volta, finalmente com jogos através do sistema de mata-mata envolvendo as duas chaves.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*