Ele fica! Enderson Moreira diz NÃO a Chapecoense e segue no Bahia

Chape ouviu recusas também de Lisca, do Ceará, e Vagner Mancini

Foto: Mauro Pimentel

Desde o dia 17 de março, quando demitiu Claudinei Oliveira, a Chapecoense segue sua busca implacável para anunciar um substituto. Porém, as coisas não têm sido fáceis e a diretoria do clube catarinense encontra dificuldades no mercado para contratar um novo treinador. A ideia inicial era anunciar o novo comandante até a última quinta-feira. Depois, o acerto ficou para o fim de semana, mas até agora, NADA.

De acordo com informações do site Globoesporte, na véspera do confronto contra o Criciúma, pela Copa do Brasil, a Chapecoense ouviu a recusa de Vagner Mancini, coordenador técnico do São Paulo. E essa não foi a única recusa. Enderson Moreira, do Bahia, também disse NÃO a Chape e decidiu seguir no clube baiano, assim como Lisca, que atualmente comanda o Ceará onde é tratado como ídolo pela torcida.

 

Kleina, recém empregado no Tigre, também foi procurado, mas sequer esperou para ouvir a proposta. Jair Ventura e Roger Machado, expoentes de uma nova geração, foram contactados, mas agradeceram o convite e declinaram. Ney Franco, um dos primeiros alvos da Chape, também optou por não assumir a equipe neste momento.

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*