Diretoria do Bahia precisa tomar uma atitude antes que o prejuízo seja irrecuperável

"estamos assistindo à espetáculos dantescos patrocinado por enderson"

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia

Eu, ano passado, defendia o Enderson Moreira por entender que ele havia chegado num momento complicado e que teria que ganhar um bom tempo para conseguir fazer o time do Bahia jogar melhor e nos livrar do rebaixamento.
Esse ano, ele está conosco desde o início da temporada, participando ativamente da formação desse atual bom elenco. Portanto, numa equação simples, ele tem todas as condições ideais para fazer com que esse time jogue um melhor futebol.

Contrariando as minhas expectativas, e de mais uma boa parte da torcida, estamos assistindo à espetáculos dantescos patrocinado pela batuta desse fraco treinador. O planejamento da diretoria foi correto. Manter o técnico que obteve relativo sucesso no ano anterior (mesmo tendo perdido a Copa do Nordeste) era algo incontestável . Porém, os resultados atuais e a atuação do mesmo mostram que ele não tem muito jeito para o negócio.

O Bahia tem jogado, boa parte do tempo de uma partida, sem um esquema tático definido. Às vezes fica a nítida impressão de que se trata de um BANDO em campo, com jogadas dignas de um baba na praia. O investimento da Diretoria, num grande esforço em substituir alguns jogadores do elenco passado é digno de elogios, mas, se temos bons jogadores (o Ramires, por exemplo, é seleção), não temos um treinador capaz de tirar desse elenco a qualidade necessária para dar o resultado esperado.

Tudo começa na escalação! Ele se apega à alguns jogadores que não estão correspondendo e os escala, talvez apostando num lampejo, numa jogada de rara felicidade. Quando esperamos as substituições, ele só as fazem após os 20 minutos do segundo tempo, previsível demais e, pior, retira sempre os jogadores que talvez não sejam os que deveriam sair.

E, como desgraça pouca aleja, ele ainda deixa a cereja do bolo que é colocar jogadores totalmente sem ritmo, tal qual fez com FERNANDÃO, no BA-VI e, ontem, o Caíque, justamente após os 40 minutos. Ajudando ainda ao adversário, em gastando um precioso tempo nesse processo da troca.

Eu até estava tentando aceitar essa coisa da pré-temporada. Contudo, as repetições dos erros estão muito contentes, jogo após jogo. Assim, me sinto obrigado a protestar. A Diretoria precisa fechar essa porta antes que o prejuízo ao CLUBE seja irrecuperável. #foraenderson !!!

Paulo Fernando, torcedor do Bahia, amigo e colaborador do Futebol Bahiano.



Deixe seu comentário

5 Comentário

  1. Cara tem o Jair Ventura tá sem Club é um treinador jovem e q monta bons time… E um começo agora ficar nessa de trazer quem? E ficar vendo a banda passar é que não pode

  2. Certo. Fora Enderson e vai trazer quem?

    Mandar sair é fácil, mas cadê o planejamento…me diga um outro nome!

    …se tivesse um nome melhor no mercado… Vale lembrar que se tirar ele, assume Cláudio Prates como interino.

    O que Enderson e jogadores devem fazer é mudar a dinâmica e largar de mimimi (viagem, campo, cansaço).

    Pra mim o tolerável é até o início do Campeonato brasileiro, se não melhorar aí sim, deve-se ter um outro plano.
    Mas talvez essa seja só uma fase nebulosa…que ela acabe já, e que a equipe compense todo o investimento feito e expectativa criada no decorrer do ano.

    BBMP!

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*