Depois de esnobar, Sport-PE pode retornar a Copa do Nordeste em 2020

Arnaldo Barros retirou o Sport-PE da Copa do Nordeste em 2017

Depois do presidente Arnaldo Barros pedi a desfiliação e esnobar a Copa do Nordeste, alegando ser um torneio deficitário e os outros adjetivos depreciativos, o Sport-PE hoje rebaixado para a 2ª divisão pode mudar de idéia e retornar a competição onde foi tricampeão.

O clube vive um período de eleições e um dos candidatos à presidência do clube, Milton Bivar e Eduardo Carvalho garantem que o Leão da Ilha mudará de posicionamento sob seus comandos e, assim, já sinalizaram formalmente à Liga do Nordeste, órgão que gere a competição, o desejo de retornar ao certame a partir de 2020. Os participantes do próximo ano já estão definidos após o Leão formalizar a sua ausência através de Arnaldo Barros, atual gestor.



“Pretendemos voltar para a Copa do Nordeste. Aliás, já comunicamos, através de ofício, esse desejo ao Presidente da Liga. Infelizmente, o campeonato de 2019 não poderemos participar, pois a direção atual já havia declinado a participação”, disse Milton Bivar, da chapa Sport do Povo em entrevista ao site superesportes.

“Sempre me posicionei contrário à saída do Sport. Mantive reunião pessoal com o presidente da Liga do Nordeste, Eduardo Rocha. Com a nossa eleição, o retorno do Sport à Copa do Nordeste está garantido”, afirmou Eduardo Carvalho, que lidera o grupo Uma Razão para Viver.

As eleições no Sport-PE estão programadas para acontecer na próxima terça-feira (18)

VEJA TAMBÉM

Deixe seu comentário