Enderson não descarta utilizar jovens nos dois últimos jogos do Bahia

Porém, "oportunidade não pode ser forçada", disse

Com o triunfo sobre o Fluminense nesta quinta-feira na Arena Fonte Nova, o Esporte Clube Bahia chegou aos 47 pontos e se manteve na 11ª colocação, cinco atrás do adversário carioca. Com o Esquadrão garantido na Elite e praticamente com a vaga na Sul-Americana de 2019 assegurada, a imprensa ventilou a possibilidade de Enderson Moreira utilizar alguns jovens nas duas últimas partidas da temporada 2018, contra América-MG, em Belo Horizonte, e Cruzeiro, em Salvador.

O treinador pode aproveitar esses dois jogos para testar alguns jogadores como Willean Lepo, Rodrigo e Júnior Ramos, que defenderam o clube no Campeonato de Aspirantes, além do volante Luiz Henrique, contratado por empréstimo junto ao Náutico. Apesar de não ter descartado a hipótese, Enderson deixou claro que não vai “forçar” uma situação, já que o Tricolor ainda precisa pontuar na competição e não vai abrir mão disso.

“Se for o caso de poder utilizar algum deles, a gente vai fazer da melhor forma possível. A gente tem objetivo claro na competição, que é pontuar, fazer o maior número de pontos possível. E a gente não vai abrir mão disso. Eu particularmente acho que oportunidade não pode ser forçada. A gente tem coisas importantes na competição ainda, o que pode me fazer dar oportunidade a algum atleta, se eu observar que o jogo possa pedir isso. Ou algum atleta que, no treino, tenha um destaque maior. Eu não gosto, acho que a gente tem que avaliar sempre caso a caso”, disse o treinador.



LEIA MAIS

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*