Ex-goleiro do Vitória é exaltado por companheiros após triunfo do Vasco

Fernando Miguel fez defesa milagrosa aos 42 minutos

O Esporte Clube Vitória tinha no seu elenco um goleiro experiente, já testado e aprovado, no entanto, preferiu as apostas na temporada 2019. O clube não fez esforço algum para tentar segurar Fernando Miguel, talvez acreditando que Caíque fosse dar conta do recado, porém, o jovem revelado na base acumulou falhas sequenciais e acabou perdendo a titularidade, pior que isso, rebaixado ao time SUB-23 para disputar o Brasileiro de Aspirantes.

Depois de Caíque, passaram pelo gol do Leão, Elias, Ronaldo e João Gabriel, este último atual titular após as falhas consecutivas dos demais. Já Fernando Miguel, que deixou o Vitória para jogar no Vasco, conviveu com a concorrência de Martín Silva, goleiro de Seleção, no entanto, nesta quarta-feira (22), o ex-Vitória foi titular e deixou o campo como herói e bastante exaltado pelos seus companheiros depois de uma defesa milagrosa aos 42 minutos do segundo tempo quando o duelo estava 1 x 0, e no final das contas, triunfo por 2 x 0 sobre o São Paulo que encaminha a permanência do time carioca na Série A.

O goleiro evitou o gol de empate e foi muito festejado após o apito final.



“Nosso grupo não merecia passar por isso. Ano muito conturbado, mas nenhum de nós deixamos de correr, de lutar. Todos jogos damos o máximo, mas desperdiçamos pontos que fazem falta. Não tem vaidade aqui. Mérito não é meu, do Thiago Galhardo ou do Maxi. Fernando Miguel, por exemplo, fez defesa espetacular que evitou o pior já no fim do jogo. Precisava de vitória mais que nunca. Agradecer ao torcedor que apoiou do início ao fim”, disse Yago Pikachu ao Premiere.

“Estamos correndo muito. Torcedor compareceu e junto é difícil de perder. Defesa do Fernando foi fundamental. Se sai o gol do São Paulo ali, íamos sentir. Estávamos sofrendo no fim dos jogos e essa defesa mudou tudo. O time está de parabéns, o grupo. Todos que entram se doam. Do 1 ao 11, todos são fundamentais”, completou Thiago Galhardo. 

LEIA MAIS:

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*