Se eleito, Maracajá resgatará a autoestima do Bahia!

SIM, se Paulo Maracajá for candidato à presidência do Bahia nas eleições em dezembro, com certeza terá o meu voto, pois caso eleito finalmente resgatará a autoestima do Baêa, perdida, coincidentemente com o seu afastamento.

Se Maracajá conseguiu que o Baêa fosse respeitado por todo o Brasil, numa época que os recursos eram exclusivamente das arrecadações das arquibancadas, imagine agora, com receitas diversas.

O único erro grave da história de Maracajá foi colocar dois amigos incompetentes para substitui-lo na presidência, pois enquanto titular do cargo máximo só tenho boas lembranças.


Os Guimarães eram do grupo que fazia oposição a Maracajá, entrou sem o seu apoio, portanto ser INJUSTO apresentar esses trevosos como Herança do melhor presidente da história do clube.

Maracajá não estava morando em Marte para não ter percebido as mudanças que ocorreram no futebol do século XXI, óbvio que não adotará métodos JURÁSSICOS para comandar o tricolor, saberá adaptar-se aos instrumentos existentes, mas com a vantagem da experiência vencedora.

Por mais que queiram, jamais apagarão os bons serviços prestados pelo eterno presidente, pois se hoje ainda temos o que nos orgulhar, 80% devemos a gestão dele. Até admito quem NÃO era torcedor a partir da década de 70 arrotar insanidades contra Maracajá, mas quem viveu compartilhar das mesmas, só posso definir de pura INGRATIDÃO.

Lourival Leal de Paulo, torcedor do Bahia e amigo do Blog.