A Torcida Baiana é Fantástica! É de Primeira!

Não tem como negar que o baiano é apaixonado por futebol e faz festa como ninguém, ainda que falte estrutura financeira e administrativa em nossos clubes.


Mesmo com algumas decepções ao longo do ano como a drástica queda de rendimento do Vitória ou como a permanente luta contra o rebaixamento do Bahia, o torcedor baiano nunca deixou de apoiar seus clubes e mais uma vez fica em destaque no cenário nacional.


O Bahia finalizou a série A com a quarta maior média de público, enquanto que o Vitória foi o clube que mais levou torcedor na série B. Somando as duas divisões a torcida do Vitória seria a sétima maior em presença no estádio, ainda que tenha jogado 9 partidas em terças feiras, muitas vezes em horários terríveis como as 18 horas, em pleno rush do trânsito baiano. Sem falar do complicadíssimo acesso ao Barradão, deixando o torcedor até 3 horas preso no trânsito para poder ver seu clube jogar, e a baixa atratividade dos adversários em comparação aos clubes da série A, fazendo com que os pagantes visitantes não somassem sequer 500 torcedores em toda a competição.


Mas as dificuldades não abalam o torcedor baiano, e tomando como base os principais clubes das série A e B, foi o que mais compareceu nos estádios entre todos os estados. Média de quase 18 mil pagantes por jogo, pouco acima dos 4 grandes paulistas capitaneados pelos fortes Corinthians e São Paulo.


Cabe ressaltar que outras torcidas com motivos de sobra para lotarem seus estádios ficaram muito aquém do que nós baianos apresentamos. Como primeiro exemplo é possível citar o Fluminense, que com campanha belíssima conseguiu o título de forma antecipada, mas teve pouco mais de 14 mil pagantes em média nas suas apresentações.


Outro digno de registro é o Flamengo, time queridinho da grande imprensa nacional e que se diz ter a maior torcida do mundo. Mas mesmo com ingressos custando em média 10 reais (algumas situações até 5 reais), conseguiu pouco mais de 13 mil pagantes por partida…

Mais um clube digno de registro é o Goiás, que teve uma brilhante recuperação no segundo turno da série B, e mesmo apresentando aproveitamento de 80% no segundo turno, só conseguiu encher o estádio na penúltima partida quando o ingresso foi distribuído por 2 reais, e na decisão do título, com ingressos a 5 reais. Assim como o campeão da A, terminou com pouco mais de 14 mil torcedores de média, mas um faturamento total de bilheterias bem inferior a soma dos três jogos de maior público do Vitória.

Portanto torcedor baiano, parabéns! Vocês são fantásticos!!! Fica o desejo de um dia onseguirmos diretorias compatíveis com nossa paixão! Que nos respeite e que traga fatos reais para comemorarmos além de uma simples participação na primeira divisão. Nós merecemos! 

Victor Hugo

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*