Bamor vai ao fazendão pedir atitude

Essa é do tipo de matéria da Tribuna da Bahia que dispensa comentários, o título por si só se explica, mas deixa margem a uma pergunta: Atitude de quem? Dos jogadores? Coitados, só podem chegar até onde os pés alcançam. O correto seria exigir postura, zelo, sabedoria e coragem da atual diretoria, quanto às inevitáveis novas contratações, visando o batalhado e sofrido acesso a Série A, que se avizinha trazendo junto um turbilhão de medo para aqueles torcedores (digamos: não cegos pela paixão ao clube) que, sem muito esforço, já se aperceberam que a barca tem uma broca no meio e uma ligeira tendência de naufragar assim que a bola rolar.

Pedir a saída de Angione? O homem que com competência e muito trabalho levou o time quase moribundo para a primeira divisão, depois de 7/8 anos de tentativas frustradas? Seria pelas fracassadas contratações do atual elenco? Ou seria, na verdade, ainda resquícios das mágoas não curadas, remanescentes da dispensa do boneco insuflável preferido da torcida tricolor, o Jael o cruel? Que o Angione injustamente foi responsabilizado?

Protesto de fato responsável e eficiente, seria na segunda-feira, depois de eliminadas todas as possibilidades de classificação e a emissão pelo Instituto Médico Legal Nina Rodrigues, do atestado de óbito de Dona Inês de Castro! Antes disso, é faniquito e presepadas que vão levar absolutamente ao nada. Confira a programação, planos, palavras de ordem e os ditames da torcida organizada TOB, para a próxima quinta-feira.

A impaciência e insatisfação da torcida do Bahia, que pode ser constatada pelas ruas da cidade, vai ganhar caráter ‘oficial’. A Torcida Organizada Bamor (TOB) promete ir amanhã ao Centro de Treinamentos do tricolor para cobrar uma mudança de atitude. Entre as reivindicações está a demissão imediata do gestor Paulo Angioni.

A torcida faz mistério em relação à ida ao Fazendão. O presidente da Bamor, Jorge Santana, não quis falar muito sobre a ação da torcida. Apenas confirmou o que já havia sido divulgado através do Twitter oficial da Bamor. “Vamos exigir mudanças no elenco, título baiano de 2011 e a saída de Angioni. Estamos convocando toda ‘Nação Tricolor’ a se unir para marcharmos juntos ao Fazendão na quinta-feira”, escreveu.

O comunicado não parou por aí: “Para quem pensa que iremos ao fazendão pedir se enganou, iremos exigir mudanças nos elenco, título baiano e a saída de Angioni”. Na internet, em sites de relacionamento como o Orkut e Facebook, além do próprio Twitter, alguns torcedores já aprovaram a ideia e aderiram à convocação da Bamor. A torcida quer cobrar também explicações sobre a festa que teria sido realizada na casa de um dos jogadores do Bahia, no domingo, no Condomínio Encontro das Águas.

Em paralelo aos protestos, parte da torcida tenta também encontrar meios de motivar o elenco. Uma destas formas é resgatando viradas na história do tricolor, os triunfos no Barradão e exemplos pelo Brasil. O mais conhecido, deste ano, é a classificação do Fluminense na Libertadores. O time precisava vencer o Argentinos Juniors, na Argentina, por dois gols de diferença e saiu de campo com o resultado de 4 a 2.

Além deste exemplo, o site ecbahia.com.br listou também os feitos do Figueirense, Atlético Mineiro e Coritiba, que se tornou campeão estadual com uma vitória de 3 a 0 sobre o Atlético Paranaense, na Arena da Baixada.

Deixe seu comentário

6 Trackbacks / Pingbacks

  1. 카지노
  2. 메이저놀이터
  3. Tor hidden wiki link
  4. new movie trailers
  5. https://mgokszadek.pl/
  6. 카지노사이트

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*