Empate sem gols satisfaz Vitória e Palmeiras

Os goleiros garantiram o empate sem gols no duelo entre Vitória e Palmeiras neste domingo no Barradão pela penúltima rodada do Brasileirão. O jogo foi bastante disputado com muitas faltas e oportunidades de gols desperdiçadas pelos os dois lados.

O time rubro-negro chegou aos 49 pontos e garantiu matematicamente sua participação na Copa Sul-Americana, enquanto a equipe palmeirense somou 65 pontos e se manteve no G-4.

O Vitória encerra sua participação no Brasileirão diante do Vasco no próximo domingo, às 17h (16h na Bahia) no Estádio São Januário. No mesmo dia e horário, o Palmeiras se despede de sua torcida jogando contra o Botafogo no Parque Antártica.

Palmeirenses lamentam gols perdidos, mas valorizam vantagem

Com a derrota do Cruzeiro e o empate do Flamengo, o Palmeiras poderia terminar o domingo classificado para a Copa Libertadores da América se tivesse batido o Vitória no Barradão. E chances para deixar o Barradão com um triunfo não faltaram, principalmente no primeiro tempo, quando o goleiro Viáfara e a má pontaria dos atacantes impediram que o time marcasse.

“Criamos com o Kléber e seguramos bem a bola no ataque. Era para termos saído com o gol”, lamentou o zagueiro-volante Martinez, que, suspenso, não enfrentará o Botafogo, no próximo domingo, no jogo que valerá a vaga no torneio sul-americano.

Diego Souza, que atuou como atacante, preferiu valorizar a vantagem de jogar por uma vitória simples em casa na última rodada. “O mais importante era conseguir os três pontos, mas no final do jogo fomos orientados que o Cruzeiro tinha perdido e seguramos um pouco mais”, revelou. “Não poderíamos é perder”, emendou.

Também suspenso para o compromisso diante dos cariocas, Alex Mineiro confia no desempenho do time em seus domínios. “Jogamos em casa e temos que buscar a vitória a todo custo. Temos um percentual muito bom dentro do Palestra e vamos tentar manter.”

VÍTÓRIA
Viáfara (Gluéguer); Marco Aurélio, Marcelo Batatais, Anderson Martins e Marcelo Cordeiro; Vanderson, Renan, Willans (Marco Antônio) e Jackson; Marquinhos e Ricardinho (Adriano)
Técnico: Vágner Mancini.

PALMEIRAS
Marcos; Gustavo, Maurício e Martinez; Fabinho Capixaba, Jumar (Léo Lima), Sandro Silva, Evandro (Alex Mineiro) e Jefferson (Denílson); Diego Souza e Kléber.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

Local: Barradão, em Salvador
Público: 16.747 pagantes
Renda: R$ 238.000,05
Árbitro: Giulliano Bozzano /DF(ASP.FIFA)
Auxiliares: César Augusto de Oliveira Vaz /DF e Nilson Alves Carrijo /DF
Cartões amarelos: Maurício, Fabinho Capixaba, Alex Mineiro, Martinez, JacksonConfira detalhes de toda rodada

Botafogo 1 x 3 Figueirense
Internacional 1 x 0 Cruzeiro
Portuguesa 2 x 2 Sport
Coritiba 0 x 2 Vasco
Náutico 2 x 1 Atlético PR
Ipatinga 1 x 4 Grêmio
Atlético 0 x 0 Santos
São Paulo 1 x 1 Fluminense
Flamengo 3 x 3 Goiás

Deixe seu comentário

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*