Tudo certo entre Vitória e Leandro Domingues

Está bem próxima a realização do sonho do presidente Jorge Sampaio, que é trazer Leandro Domingues, este ano, de volta à Toca do Leão. As negociações evoluíram bastante, está tudo certo entre o jogador e o Vitória, e é possível que ainda hoje o dirigente possa anunciar a mais nova contratação do clube baiano para a disputa do Campeonato Brasileiro.

“Entre o Vitória e Leandro Domingues está tudo definido para a assinatura de contrato. Bases discutidas e acertadas. Se o presidente do Cruzeiro me ligar nas próximas horas, bato o martelo para a volta de um dos maiores ídolos da torcida nos últimos anos”, admitiu o presidente Jorge Sampaio.

O vice-presidente do Cruzeiro, Zezé Perrela, que tem muita ligação afetiva com o Vitória, já está em Belo Horizonte, voltou ontem de Portugal, e a qualquer momento a negociação pode ser concretizada. O presidente do Cruzeiro, Alvimar de Oliveira Costa, confirmou ontem para a imprensa mineira a dispensa do armador baiano, por indisciplina:

Quando ele foi chamado para conversar com Maluf, esperávamos que se retratasse e manifestasse interesse em continuar. Foi o contrário. Estava irredutível, confirmou que não desejava ficar e, agora, treina à parte, mas não vai embora por preço de banana. Ele tem mercado. Há clubes interessados, mas só sairá pelo que consideramos justo. No Cruzeiro, Leandro não joga mais, mesmo sendo bom jogador”, disse o presidente do clube mineiro.

Além do Vitória, Atlético do Paraná, Goiás e o Botafogo do Rio de Janeiro procuraram oficialmente o campeão mineiro e manifestaram interesse na contratação de Leandro Domingues. Mas com o clube carioca, Alvimar disse ser praticamente impossível negociar, pois o Cruzeiro ainda não recebeu pelo empréstimo do goleiro Jefferson, em 2003. “É um péssimo pagador. Com ele, não há negociação”. Informações da Tribuna da BahiaPantico e Reinaldo Aleluia devem sair do Bahia

A direção do Bahia está acertando a recisão de contrato dos atacantes Reinaldo Aleluia e Pantico. Os dois atletas foram chamados para um acordo nesta terça-feira já que têm vínculo com o clube até o final do ano. O regulamento da Série B permite que qualquer jogador seja transferido para uma outra equipe na mesma competição desde que tenha atuado em até 6 jogos.

Segundo informações de dentro do Bahia, Aleluia e Pantico aceitaram a saída por terem propostas de outros clubes para a disputa do Nacional. Essas informações são do radialista Márcio Martins

Pituaçu não será mais reinaugurado dentro do prazo previsto
“A primeira conseqüência direta da briga entre trabalhadores e patrões do ramo da construção civil nas obras de reforma do Estádio de Pituaçu é que este não será mais reinaugurado dentro do prazo previsto, no início do próximo mês de agosto.

Quem dá a notícia, para desespero da torcida tricolor, é a própria presidente da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia), empresa do Estado que é responsável pela intervenção, Maria Del Carmen. Segundo explicou, mesmo com todos os esforços que vêm sendo feitos, ela dificilmente terá como cumprir a data estipulada.

Para se ter uma idéia, desde o início da obra, em 21 de janeiro, até hoje, foram passados 119 dias, mas destes, apenas 64 foram efetivamente trabalhados. Nos demais, ou a obra foi paralisada por causa das chuvas, ou por conta da greve dos operários. Ontem de manhã, por exemplo, o Sindicato da Construção Civil

Pesada (Sintepav) fez nova manifestação na porta do estádio, impedindo que a maioria dos trabalhadores pudesse entrar no canteiro de obras.

A presidente da Conder explicou que “somente um milagre” fará com que elas sejam entregues no prazo. E acrescentou que cada dia de chuva significa pelo menos três dias a mais de trabalho. “E com as greves, já não garantimos mais o prazo”, disse.

Conforme avaliações dos engenheiros da obra, 40% da infra-estrutura do novo estádio já foram feitos. Mas a grama, por exemplo, que deverá ser plantada até o próximo dia 31, para que em 60 dias possa estar em condições de ser utilizada nos jogos, ainda depende da conclusão da construção das arquibancadas do anel inferior e da pista de atletismo, para que todo o terreno destinado ao campo em si seja desobstruído de materiais. E isso ainda não foi feito.

Além do atraso, Del Carmem disse que a obra, cujo custo inicial previsto era de R$ 22 milhões, poderá chegar a uma soma final de R$ 30 milhões, por causa de detalhes que não tinham sido incluídos no planejamento inicial, o que gerará uma elevação de pelo menos 20% do valor inicial.

Ainda de acordo com a presidente da empresa, o que está havendo é uma briga entre os dois sindicatos dos trabalhadores do setor: o Sitracon, que cuida da construção civil em si, e o Sintepav, responsável pelo ramo da construção pesada. “A obra do estádio não é construção pesada pois, de acordo com a convenção de trabalho da categoria, estádios e quadras cobertas não são construções pesadas”, completou. Com informações do Jornal A Tarde
Vitória da Conquista se reforça para a Série C
Depois da boa campanha no Campeonato Estadual, quando foi terceiro colocado, o Vitória da Conquista se reforça para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. A diretoria anunciou nesta segunda-feira a chegada de mais dois reforços: o lateral-direito Carlos Magno e o zagueiro Rodrigo, que chegam a Salvador na próxima semana.

Carlos Magno, 22 anos, foi revelado nas categorias de base do xará Vitória. Atuou pelo Atlético de Alagoinhas, pelo Criciúma e pela Jataiense-GO. Sua versatilidade, jogando também como meio-campista, lhe rendeu o título baiano de 2005 pelo time rubro-negro.

O zagueiro Rodrigo também chega a Conquista como campeão estadual. O título veio em 2006 pelo Colo-Colo, clube onde começou a carreira.

Ainda esta semana, o Vitória da Conquista deve anunciar um meia e um atacante. Inho Baiano e Júnior Ferrim são nomes fortes para ocuparem tais posições.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*