Vitória entra em recesso de Reveillon

Termina na manhã deste domingo a etapa de avaliações físicas e fisiológicas do elenco do Vitória. Após a atividade, os jogadores vão ser liberados até quarta-feira, quando o preparador-físico Márcio Meira e o auxiliar Ednilson Sena assumem o controle na pré-temporada. No retorno, o grupo estará completo com as presenças de Evanilson e Alessandro, laterais; Alex Oliveira e Du Lopes, zagueiros; e Michel, meia-atacante.

Na primeira fase, o fisiologista Alexandre Dortas e o cardiologista Cláudio Bacelar conduziram exames para conhecer clinicamente as variantes respiratórias e cardiovasculares dos atletas. O relatório indica como cada um se encontra e permite interpretar qual carga de trabalho poderia ser exigida, reduzindo o risco de lesões. Também participaram o preparador-físico Jorge Lago e o instrutor Betão.

Ontem, o time sub-18 ganhou do Ipitanga por 1×0, gol de Lucas, no jogo-treino realizado na Fazenda do Menor, em Feira de Santana. Foi a última partida da equipe antes do embarque para Paulínia, cidade-sede do Grupo U da Copa São Paulo de Futebol Júnior. Antes, triunfos por 3×0 sobre Seleção de Nazaré e ABB.

Para conhecer melhor a divisão de base e checar a possibilidade de integrar, progressivamente, novos atletas ao profissional, o treinador Vadão e o diretor de futebol Renato Braz assistiram à partida. O destaque foi justo Lucas, autor do gol. Com apenas 16 anos, o meia é considerado uma das grandes pérolas da divisão de base.

Na Copa 2 de Julho, realizada na Bahia, um observador da CBF pediu que o Vitória mantivesse a diretoria de base da entidade informada sobre seu rendimento para futuras convocações. Outro atleta de muita qualidade técnica é o volante David Manteiga, também de 16 anos. Por coincidência, vão ser os dois mais jovens rubro-negros na Copa São Paulo. O meia Marcos, 18 anos, liberado por Vadão, começou como reserva de Elkeson.

Correio

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*