Zagueiro pede cabeça erguida após Sport não conseguir acesso

"Agora é levantar a cabeça, continuar e pensar no próximo ano", afirmou.

Foto: Marlon Costa / Pernambuco Press

O Sport chegou na última rodada do Campeonato Brasileiro da Série B com chances remotas de acesso. Precisava torcer por derrota do Bahia para o CRB no Estádio Rei Pelé e ainda golear o Vila Nova em Goiânia tirando um saldo de sete gols de diferença para o tricolor baiano. Porém, o Esquadrão fez sua parte vencendo o CRB por 2 a 1, e ainda que tivesse perdido, ficaria com a vaga no G-4 visto que o Leão da Ilha apenas empatou com o time goiano por 0 a 0. O zagueiro Rafael Thyere pediu cabeça erguida ao grupo e evitou procurar culpados.

 

“Não tem como chegar aqui e apontar algo. Acho que todo mundo que está envolvido tem que ter a consciência de que não conseguimos, infelizmente. O torcedor está lá nos apoiando, a gente sente o que o torcedor sente, é complicado, nós queríamos isso, não conseguimos. Agora é levantar a cabeça, continuar e pensar no próximo ano”, afirmou.

“É levantar a cabeça, próximo ano tem de novo. A gente tem que pegar tudo que aconteceu durante o ano e juntar forças. Agradecer mais uma vez o apoio do nosso torcedor, que esteve dentro de casa nos apoiando em todo momento. Temos que agradecer também a eles e pedir para que estejam conosco ano que vem. Vai ser um ano complicado, mas a gente tem totais condições de dar a volta por cima e se Deus quiser voltar para a Série A”, falou.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário