Daniel valoriza acesso do Bahia com triunfo fora de casa e lembra das críticas

“É o que está escrito no hino do Bahia: ‘Ninguém nos vence em vibração’"

Foto: Jhony Pinho/AGIF

O Esporte Clube Bahia derrotou o CRB pelo placar de 2 a 1 no domingo, no Estádio Rei Pelé, e conquistou o acesso à Série A. Daniel e Mugni (pênalti) marcaram os gols do time baiano, enquanto Emerson Negueba fez para a equipe alagoana. Com o triunfo, o Tricolor Baiano chegou aos 62 pontos na 3ª colocação e conquistou o acesso para Série A um ano após o rebaixamento, se juntando a Cruzeiro, Grêmio e Vasco. Eleito “craque do jogo” pela TV Globo, o meia Daniel valorizou a conquista do acesso com triunfo fora de casa, onde o time ainda não tinha vencido no returno, e lembrou das críticas que o time sofria pelo rendimento como visitante.

 

“Falar do acesso é um mix de emoções. Quem diria, nós com 37 rodadas no G-4, tendo chances de não nos classificar para a Série A. O futebol é muito engraçado porque a gente teve dois jogos em casa e não ganhou, onde foi nossa força no campeonato. E quis o destino que a gente ganhasse e sacramentasse fora de casa, que era onde a gente era tão criticado”, disse o meia, em entrevista à TV Bahia. 

“Muitas vezes fomos criticados por ‘faltar raça ou empenho’, mas isso nunca faltou. É porque quando não se ganha um jogo é difícil perceber que teve raça e empenho, então é bom demais ver a felicidade da torcida. Está voltando o primeiro campeão brasileiro à Série A e vai voltar mais forte do que nunca”.

Daniel também destacou a presença do torcedor no Rei Pelé. “É o que está escrito no hino do Bahia: ‘Ninguém nos vence em vibração’. Esse é o lema que nosso torcedor leva. Bateu recorde na Fonte Nova e não conseguimos vencer, uma frustração total. Mas vieram hoje e esgotaram ingressos. Essa é a torcida do Bahia, foi por ela que nós jogamos, foi por nossa família e por nós também”.

 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário