Vitória chega a acordo com clube equatoriano para pagar dívida por Caicedo

A dívida com o Universidad Católica-EQU é de 580 mil dólares (R$ 3 milhões).

Foto: Tiago Caldas

O Esporte Clube Vitória está por detalhes para resolver a o transfer ban da FIFA em relação a dívida pela compra do atacante Jordy Caicedo, feita em 2019,  na gestão do ex-presidente Paulo Carneiro. A dívida com o Universidad Católica-EQU é de 580 mil dólares (R$ 3 milhões). Segundo informação do jornalista Reinaldo Oliveira, o Leão vai pagar uma entrada de 150 mil dólares (R$ 800 mil) e parcelar o restante. O clube aguarda apenas o documento para oficializar o acordo. O Vitória tem outro problema para resolver, agora com Boca Juniors, pela contratação por empréstimo do argentino Walter Bou, no valor de de 330 mil dólares (cerca de R$ 1,7 milhão), que também gerou punição na FIFA impedindo a agremiação de registrar novos jogadores.

 

Natural de Machala, no Equador, Jordy Josué Caicedo Medina tem 23 anos e foi revelado pelo Norte América. Acumula passagens também por outros clubes do seu país, como Universidad Católica e El Nacional. Chegou ao Vitória em julho de 2019 e demorou para se firmar como titular, mas quando com a chegada de Geninho, fez gols importantes, porém, se lesionou na reta final de 2019 e ficou um bom tempo se recuperando de uma pubalgia. Retornou em julho de 2020, mas não conseguiu recuperar seu espaço. No total, foram 44 jogos disputados pelo Leão e 9 gols marcados. Deixou o Rubro-Negro em 2021 via justiça e assinou com o CSKA Sofia, da Bulgária. Por lá, se destacou, marcando 30 gols em 61 jogos. Esse ano, se transferiu para o Tigres, do México.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário