Mazola destaca superioridade sobre o Bahia e vê resultado ‘frustrante’

O treinador frisou que o time baiano finalizou apenas duas vezes, apenas uma em direção do gol.

Foto: Gustavo Ribeiro/Novorizontino

Após o empate em 1 a 1 com o Esporte Clube Bahia, no Estádio Doutor Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP), pela rodada de número 33 do Campeonato Brasileiro da Série B, o técnico Mazola Júnior elogiou a atuação da sua equipe e destacou a superioridade sobre o Esquadrão. O treinador frisou que o time baiano finalizou apenas duas vezes, apenas uma em direção do gol, e que o Novorizontino poderia ter saído com a vitória se tivesse aproveitado as oportunidades criadas.

 

“Acredito que o Novorizontino fez um grande jogo. O adversário nos criou um problema acrescido que foi a troca de treinador, que sempre dá aquela motivada, aquela chacoalhada na equipe. Mas acho que o Novorizontino fez um grande jogo. Criou muito mais oportunidades de gol e finalizações do que o Bahia. Dominou todas as ações e teve o controle do jogo. Sempre teve o jogo na sua mão, mesmo quando tomou o gol. O Bahia só foi duas vezes no nosso gol, só finalizou duas vezes. Uma para dentro e a outra nem no nosso gol foi, foi para fora no segundo tempo. No restante, o Novorizontino foi muito superior, mas infelizmente o que conta são os gols. Nós falhamos em muitas oportunidades e poderíamos ter saído, com justiça, com a vitória”, analisou na entrevista coletiva.

“O resultado sim [frustrante], mas a equipe galvanizou muito com uma apresentação dessa. Não tenho dúvida nenhuma que vamos fazer um final de campeonato muito interessante. Nesse momento temos o plantel todo falando a mesma língua, mesmo nível físico, tático. Temos muita confiança e hoje veio se confirmar contra o Bahia uma belíssima equipe, que o Novorizontino tem tudo para fazer um final de campeonato interessante. Temos agora a última fase da competição, sempre falo que nos últimos cinco jogos tudo pode acontecer nessa competição. Veja a pressão que está em cima das equipes grandes para o acesso e nós, com certeza, a jogar assim e, temos que cobrar isso, porque nesse momento todos têm condição de fazer isso. Se jogar assim dificilmente o Novorizontino passará susto na competição”, disse o treinador.

Na sequência da competição, o Novorizontino visita o Vasco no próximo sábado, às 18h30, no Estádio de São Januário. Já o Esporte Clube Bahia enfrenta o Brusque, também no próximo sábado (08), às 16h, na Arena Fonte Nova, em duelo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário