Presidente do Conselho do Bahia rebate declaração de ex vice-presidente

O ex-dirigente tricolor criticou o fato dos sócios não terem acesso aos documentos e contratos do clube.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Presidente do Conselho Deliberativo do Esporte Clube Bahia, Leonardo Martinez se posicionou sobre a declaração do ex-vice-presidente do clube, Pedro Henriques, em matéria veiculada no Jornal Correio. O ex-dirigente tricolor cobrou mais transparência da atual gestão e criticou o fato dos sócios não terem acesso aos documentos e contratos do clube, inclusive, referente a proposta do Grupo City pela Sociedade Anônima de Futebol (SAF). Martinez rebateu a nota e citou o artigo 5 da Instrução Normativa 01/2016, assinada por Pedro Henriques, quando era vice-presidente na gestão de Marcelo Sant’Ana.

 

“Fiquei sem entender se ali eu deveria considerar a opinião dele no momento atual ou se a decisão que ele tomou quando ele era vice do Bahia em 2016 (…) Quer dizer: na época em que Pedro Henriques estava na vice-presidência ele não só defendeu isso, como fez entrar em vigor uma decisão que retirava do sócio a possibilidade de acesso a documentos e contratos, e somente poderia ter acesso dois anos após o final da vigência do contrato. Hoje entende que o sócio deve ter acesso transparente, público e irrestrito para o contrato do atual Grupo City. Os sócios poderão ter acesso aos contratos na íntegra 02 (dois) anos após o fim da relação contratual entre o clube e a contraparte, sendo necessário que o sócio esteja em dia com suas obrigações estatutárias”, criticou Martinez, em live com o canal Sou Mais Bahia no YouTube, nesta terça-feira (4).

Pedro Henriques também se manifestou por meio das redes sociais. “Estão replicando uma fala antiga como se houvesse polêmica! Mantenho tudo que disse. Falei que não devia haver acesso irrestrito a contratos que contenham informações personalíssimas ou cláusula de confidencialidade (e não eram objeto de deliberação de competência dos sócios). Vindo de quem veio, não surpreende descontextualização e desinformação. Até que ainda tenho envolvimento em grupos políticos do Bahia inventaram. Como um amigo me falou, hater é métrica de sucesso.”, postou o ex-dirigente do Bahia. 

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário