Barroca avalia empate na estreia pelo Bahia e admite queda no 2º tempo

Com o resultado, o Esquadrão chegou aos 53 pontos e segue na 3ª colocação, quatro pontos acima do Sport

Foto: Twitter/Bahia

O Esporte Clube Bahia ficou apenas no empate em 1 a 1 com o Novorizontino, na noite desta terça-feira, no Estádio Doutor Jorge Ismael de Biasi, em Novo Horizonte (SP), pela rodada de número 33 do Campeonato Brasileiro da Série B. Vitor Jacaré marcou para o tricolor, mas Ronaldo igualou. Com o resultado, o Esquadrão chegou aos 53 pontos e segue na 3ª colocação, quatro pontos acima do Sport, primeiro time fora do G-4 nesse momento, com 49 pontos. Em entrevista após o jogo, o estreante Eduardo Barroca fez uma avaliação da atuação do time e admitiu que houve uma queda de rendimento no segundo tempo.

 

“Conseguimos sair na frente e sofremos o gol num momento importante do jogo, quando levaríamos a vantagem pro intervalo. E no segundo tempo não conseguimos controlar como deveríamos e não conseguimos o nosso objetivo que era buscar os 3 pontos”, disse o treinador. 

“A gente, hoje, optou por jogar no 4-2-3-1, utilizando dois volantes, Patrick e Rezende, deixando Daniel posicionado como meia. Utilizando Vitor [Jacaré] e Lucas [Mugni] nas pontas, o Lucas mais um ponta, meia… E o Vitor, um segundo atacante, com o Ricardo [Goulart] sendo centroavante e vindo flutuar por dentro com Daniel. Entendo que a equipe vinha jogando um pouco diferente, jogando mais numa saída de três. A gente optou por uma saída de quatro. Conseguimos sair na frente. Sofremos um gol num momento importante do jogo, onde a gente ia levar vantagem para o intervalo. E, no segundo tempo, não conseguimos controlar o jogo como deveríamos e acabamos não conseguindo o nosso objetivo, que era vir aqui e conseguir os três pontos. Então preciso exaltar a dedicação dos jogadores.”

O novo comandante tricolor também falou sobre a entrada de Caio Vidal no segundo tempo. “Naquele momento a gente não tava conseguindo ter o controle com passes curtos como no primeiro tempo quando tivemos 65% de posse. O jogo direto do Novorizontino tava nos causando problemas e tentei o Caio pra ganharmos mais profundidade pelo lado direito”.

Após dois jogos seguidos fora de casa, perdendo para a Chapecoense (3×1) e empatando com o Novorizontino (1×1), o Esporte Clube Bahia volta a jogar em Salvador na sequência da competição. O Esquadrão enfrenta o Brusque, no próximo sábado (08), às 16h, na Arena Fonte Nova, em duelo válido pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Já o Novorizontino visita o Vasco no mesmo dia, às 18h30, no Estádio de São Januário.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário