Bahia apresenta cronograma de avaliação da proposta do City

O colegiado tricolor deve receber todos os detalhes nesta quarta-feira (28) para iniciar a avaliação.

Foto: Reprodução

A proposta do City Football Group pela SAF (Sociedade Anônima de Futebol) – no valor de R$ 1 bilhão na SAF (sendo R$ 500 milhões para reforços, R$ 300 milhões para a quitação das dívidas e R$ 200 milhões para infraestrutura, divisão de base e capital de giro) teve seu cronograma apresentado pela comissão de conselheiros do Esporte Clube Bahia na última terça-feira (27), na Arena Fonte Nova. O colegiado tricolor deve receber todos os detalhes nesta quarta-feira (28) para iniciar a avaliação. Participaram do encontro sócios e torcedores, que puderam acompanhar as explicações através do canal oficial do clube no Youtube.

 

“O Conselho Deliberativo está em contato permanente com a diretoria executiva e fazendo os ajustes necessários para recebermos a proposta do Grupo City para iniciarmos os trâmites. Essa proposta deve ser encaminhada na data de amanhã e esses ajustes estão ocorrendo para que possa ter a fluidez necessária. Estamos tratando do assunto mais importante da história do Esporte Clube Bahia”, disse o Presidente do Conselho, Leonardo Martinez. 

Após a chegada da proposta ao colegiado, deve ocorrer uma nova reunião daqui 15 dias. Após isso, o Conselho Deliberativo terá mais 30 dias para apreciar a proposta e, por fim, a votação dos associados em uma Assembleia Geral decide.

“Vamos tentar identificar os pontos do contrato. Pontos que podem causar preocupação, que podem ter conflito com a lei da SAF, algo que não esteja esclarecido para o futuro. O objetivo é levantar isso para que os conselheiros e sócios discutam. O nosso papel é analítico”, declarou Paulo Rogério, conselheiro do Esquadrão de Aço e um dos membros da comissão.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário