Grupos anunciam fusão para disputar eleição presidencial do Vitória

A chapa que vai disputar as eleições do Conselho Fiscal será formada por Geraldo Dél Rei para presidente e Hans Ungar Neto para vice-presidente.

Foto: Divulgação

No último domingo (28), os grupos Movimento Novo Vitória, Raiz Rubro-Negra e Um Nome na História anunciaram nas redes sociais uma fusão para disputar a eleição presidencial do Esporte Clube Vitória, que será realizada no próximo dia 17 de setembro. O candidato à presidente será Victor Mendes, com Jaílson Reis como vice-presidente e Marcus Sarmento como presidente do Conselho Deliberativo. Na chapa para o Conselho Fiscal, Geraldo Dél Rei concorre para presidente e Hans Ungar Neto para vice-presidente.

 

“Ninguém aqui tem ego, vaidade por cargo. Por isso, sentamos e nos unimos em prol do Vitória, que é o mais importante. Tanto Jaílson como Victor são pessoas de caráter e tenho certeza que juntos iremos tirar o clube dessa situação”, disse Marcus Sarmento.

As eleições vão definir o novo presidente do clube, além dos presidentes do Conselho Deliberativo e Conselho Fiscal, e 150 cadeiras ao colegiado rubro-negro, do triênio 2023/25. Se o primeiro colocado tiver menos de 50% dos votos, a eleição terá segundo turno. Os sócios com 18 meses consecutivos de associação estão aptos para votar.

Os torcedores “deverão estar quites com suas obrigações sociais até 30 (trinta) dias corridos antes da data da Assembleia Geral para exercer o direito de voto e até 15 (quinze) dias corridos antes do encerramento do registro de candidaturas para ser votado”.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário