Vitória é atropelado pelo Figueirense e amarga 1ª derrota com João Burse

Na sequência da competição, o Esporte Clube Vitória recebe o ABC.

Foto - William Anacleto

Classificado ao quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série C depois de emplacar uma sequência de cinco vitórias e três empates na reta final da 1ª fase, o Esporte Clube Vitória começou na 2ª fase com o pé direito vencendo o Paysandu por 1 a 0 no Estádio Manoel Barradas. Mas neste domingo (28), o Leão amargou sua primeira derrota sob o comando do técnico João Burse, e surpreendentemente sendo atropelado por 5 a 1 pelo Figueirense no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), pela 2ª rodada da segunda fase da competição. Alemão (contra), Léo Artur, Wilson (pênalti), Rodrigo Bassani e Gustavo Henrique marcaram os gols do Figueira, enquanto Tréllez anotou para o Rubro-Negro. Iury foi expulso pelo Leão quando o jogo estava 2 a 1.

 

Com a derrota, o Esporte Clube Vitória caiu para a 3ª colocação no Grupo 2, com 3 pontos, sendo ultrapassado pelo Figueirense, que também tem 3 pontos, mas leva vantagem quando aplicado o critério de desempate do saldo de gols. O líder da chave é o ABC, que contabiliza 6 pontos, enquanto o Paysandu é o lanterna, ainda sem pontuar.

O Figueirense começou o jogo melhor e pressionando. Logo aos 7 minutos minutos, abriu o placar com um gol contra de Alemão. O Vitória respondeu com Tréllez, que mandou no travessão, aos 18 minutos, porém, aos 30, Léo Artur acertou um chutaço de fora da área e ampliou para os donos da casa, que seguiram melhor em campo, criando mais situações de gol. A partida estava ruim para o lado rubro-negro, mas aos 37 minutos, Eduardo mandou um cruzamento de muito longe e achou Tréllez, que mandou para o fundo das redes e diminuiu o prejuízo.

No segundo tempo, o jogo iniciou um pouco morno, mas aos poucos as equipes foram se soltando. Aos 6 minutos, Rafinha chutou para fora. Aos 25, o Figueirense perdeu uma grande chance com Nandinho, que finalizou tirando tinta da trave. Correndo atrás do empate, o Vitória ficou com um a menos depois da expulsão do lateral-direito Iury, que substituiu Alemão (autor do gol contra) e foi advertido duas vezes com o cartão amarelo no intervalo de 2 minutos e foi para o chuveiro mais cedo.

Mesmo com 10, o Leão seguiu atacando e quase chegou ao empate com Rafinha e Léo Gomes. No entanto, aos 34, Dalton derrubou Gustavo Henrique dentro da área. Pênalti marcado e convertido pelo goleiro Wilson (Lei do Ex). Acuado, o Rubro-Negro ainda sofreu o quarto, aos 42 minutos, com Rodrigo Bassani, e o quinto com Gustavo Henrique.

Na sequência da competição, o Esporte Clube Vitória recebe o ABC, no próximo domingo (04), às 17h, no Estádio Manoel Barradas, pela 3ª rodada do quadrangular final da Série C. Já o Figueirense joga novamente em casa, agora enfrentando o Paysandu, no sábado (03), às 17h, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC).

JOGOS DA 2ª RODADA DA SÉRIE C (2ª FASE)

GRUPO 1

SÁBADO, 27/08
19h00 – Mirassol 1 x 0 Botafogo-SP

DOMINGO, 28/08
20h00 – Volta Redonda x Aparecidense

GRUPO 2

SÁBADO, 27/08
17h00 – Paysandu 0 x 1 ABC

DOMINGO, 28/08
17h00 – Figueirense 5 x 1 Vitória

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário