Enderson destaca consistência do Bahia e exalta torcida: “Festa maravilhosa”

O único gol foi marcado pelo atacante Igor Torres, aos 40 minutos de jogo.

Foto: Felipe Oliveira / EC Bahia / Divulgação

Na tarde deste sábado, o Esporte Clube Bahia venceu o CSA por 1 a 0, na Arena Fonte Nova, pela 22ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O único gol foi marcado pelo atacante Igor Torres, aos 40 minutos de jogo. Com o triunfo, o Esquadrão chegou aos 40 pontos e assumiu a vice-liderança e abriu 8 pontos para o 5º colocado Tombense, que enfrenta logo mais o Cruzeiro. Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico Enderson Moreira analisou a atuação nos dois tempos, e destacou a consistência do time. O treinador também enalteceu a torcida, que fez uma grande festa, com 45 mil tricolores na Fonte Nova.

 

“É claro que o ritmo do primeiro tempo foi diferente da segunda etapa, mas foi um time que buscou o gol. As melhores oportunidades do segundo tempo foram nossas também. Tivemos um gol anulado, finalizações e praticamente nenhuma chance para o CSA, não demos nenhuma oportunidade. Claro que você não consegue manter durante 90, 100 minutos o mesmo ritmo. Acho que o começo do segundo tempo nosso não foi bom. Mas passou um pouquinho e já começamos a melhorar, criar situações”, afirmou na entrevista coletiva.

“Acho que é importante agradecer muito o nosso torcedor com a festa maravilhosa, a recepção no estádio. Os jogos são muito difíceis, todo mundo sabe muito bem disso. A equipe mais uma vez fez um jogo criando muitas oportunidades. Infelizmente, a gente não consegue transformar tudo em vantagem, mas é uma equipe que está muito consistente, que está avançando em jogos difíceis, sem tomar susto e buscando gol do começo ao fim”, completou.

Enderson também elogiou a postura do setor ofensivo que ajudou na marcação, inclusive, o gol saiu de uma roubada de bola de Igor Torres.

“A grande ajuda que essa dupla de defensores está tendo é o comprometimento da equipe em todo mundo marcar. Quando não temos a posse de bola, todo mundo marca, fecha bem o centro do campo, todo mundo colabora. Então, as bolas chegam mais quebradas para os atacantes adversários com menos espaço. Hoje, eles fizeram um jogo que a gente fala muito do atacar marcando. A gente está atacando e faz uma antecipação de possíveis situações de contra-ataque do adversário, bola livre”, disse.

Após dois jogos seguidos em Salvador, o Esporte Clube Bahia volta a campo na próxima terça-feira (09), às 21h30, para enfrentar o Sampaio Corrêa, no Estádio Castelão, em São Luís do Maranhão. O duelo é válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Deixe seu comentário

Autor(a)

07/08/2022 às 0h24

Fellipe Costa

Redator e Administrador do Futebol Bahiano. Contato: [email protected]