Ex-Bahia, Clayson é anunciado por clube treinado por Fábio Carille

Clayson comemorou o acerto com o novo clube e oportunidade de trabalhar novamente com o comandante. 

Foto: Divulgação/Al Faisaly

Após passagem pelo Al Faisaly, da Arábia Saudita, atuando apenas 8 jogos, com um gol marcado e uma assistência, o atacante Clayson acertou sua transferência para o futebol japonês, onde irá defender o V-Varen Nagasaki, clube que disputa a J-League 2 e ocupa a quinta posição na competição. O jogador, com passagem apagada pelo Esporte Cube Bahia, será treinado novamente por Fábio Carille. Ambos trabalharam juntos no Corinthians em duas passagens. Clayson comemorou o acerto com o novo clube e oportunidade de trabalhar novamente com o comandante.

 

“Fico feliz pela oportunidade e só posso agradecer ao clube e ao presidente pela confiança. Nos foi apresentado um projeto muito interessante, estou muito empolgado e minha família também. Já pude pesquisar um pouco sobre o V-Varen, tem outros brasileiros por lá e certamente minha adaptação será muito rápida. Eles têm um estilo de jogo que combina com o meu e espero poder atuar em alto nível”, disse. 

“Vai ser muito bom poder reencontrar o Carille e só tenho a agradecer a ele por ter confiado novamente no meu futebol. Com ele eu vivi os melhores momentos da minha carreira, conquistamos títulos e vamos em busca disso novamente, com muito trabalho e dedicação”, completou.

Natural de Botucatu (SP), Clayson Henrique da Silva Vieira, de 26 anos, surgiu no União São João e acumula passagem também pelo Ituano antes de chegar a Ponte Preta onde ficou de 2015 até maio de 2017, chamando a atenção do Corinthians que pagou R$ 3,5 milhões, além de ter enviado Claudinho e Léo Artur para o clube de Campinas. Na Macaca, atuou 84 vezes e marcou 6 gols.

Pelo Timão, foram 143 jogos, marcando 14 gols e dando 22 assistências, participando da conquista do Brasileiro de 2017 e do bicampeonato paulista. No início de 2020, foi negociado com o Bahia por R$ 4 milhões, porém, não deslanchou e se tornou um dos jogadores mais contestados do elenco na última temporada. Disputou 42 jogos e marcou 3 gols. Emprestado ao Cuiabá em 2021, atuou em 39 partidas, com 3 gols e 5 assistências. Esse ano, defendeu o Al Faisaly, da Arábia Saudita, atuando apenas 8 jogos, com um gol marcado e uma assistência.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário