Diego Souza prevê dificuldades contra o Bahia, mas frisa: “Perder lá não é normal”

"Jogo muito difícil, Bahia é time jovem, com bons jogadores", afirmou.

oto: Gabriel Girardon / ge

Neste domingo, o Grêmio enfrenta o Esporte Clube Bahia, às 16h, na Arena Fonte Nova, em confronto de “seis pontos” pela 16ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. O time gremista é o 4º colocado, com 25 pontos, três a menos que o Esquadrão, que aparece no 3º lugar, com 28. Questionado sobre o jogo de sete meses atrás, quando o Grêmio perdeu por 3 a 1 para o Bahia na Fonte Nova pela Série A e praticamente teve seu rebaixamento selado, o atacante Diego Souza em entrevista admitiu que jogar contra o Tricolor é sempre muito difícil, porém, ‘polemizou’ ao afirmar que “não é normal perder para o Bahia em Salvador”.

 

“A fase que o Grêmio tá nos últimos jogos é das melhores, nove jogos sem perder, uma equipe agressiva e sem sofrer na parte defensiva. Nossa equipe tem evoluído muito bem, está numa fase boa. Jogar lá, contra o Bahia, é sempre muito difícil, ainda mais numa fase difícil como a gente passou ano passado, um jogo de seis pontos. Mas perder para o Bahia lá não é normal, mas na ocasião que tava passando na competição, era um jogo difícil. Nosso início lá não foi legal. Ganhamos para o Bahia aqui, perdemos lá. Mas não foi um fator decisivo. São águas passadas”.

Diego Souza destacou a juventude do time do Bahia, e pediu um Grêmio com atitude para sair com os 3 pontos e se firmar mais dentro do G-4.

“Jogo muito difícil, Bahia é time jovem, com bons jogadores, mas sempre falo, é o Grêmio, tem que ter atitude independente de onde jogar. Sabemos da importância, nos concretiza real no G-4, onde pode abrir mais pontos. Temos que ter na cabeça que chegamos de vez no G-4 e no campeonato. Queremos buscar quem está na nossa frente, ganhando muda de vez o pensamento de só G-4 para ir em busca de algo diferente, que é o titulo”, afirmou Diego Souza.

 

Deixe seu comentário!