Bahia tenta reverter placar diante do Athletico para seguir vivo na Copa do Brasil

Os times classificados às quartas de final recebem como premiação a quantia de R$ 3,9 milhões.

Foto: Fotos: Felipe Oliveira / EC Bahia

Vindo de dois empates seguidos pelo Campeonato Brasileiro da Série B, o último deles com uma péssima atuação diante do lanterna Vila Nova, o Esporte Clube Bahia volta suas atenções nesta terça-feira (12) para a Copa do Brasil, onde tentará quebrar o tabu em confrontos de mata-mata diante do Athletico-PR. A partida acontece às 20h30, na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pelo confronto de volta das oitavas de final. Na ida, o Esquadrão até saiu na frente com Mugni, mas levou a virada e perdeu por 2 a 1, de virada, na Arena Fonte Nova. Desta forma, o Tricolor precisa vencer por dois gols de diferença para se classificar no tempo normal, ou então por um gol para decidir a classificação na disputa por pênaltis. Quem se classificar, leva como premiação a quantia de R$ 3,9 milhões.

 

O Bahia bateu de frente com o Athletico-PR três vezes em torneios de mata-mata, e em todas foi eliminado. Em maio de 2018, o Tricolor acabou eliminado da Sul-Americana após perder por 1 a 0 dentro de casa, vencer pelo mesmo placar como visitante com gol de Douglas Grolli, e sofrer a derrota na cobrança de pênaltis por 4 a 1. O jogo de ida, disputado no dia 24 de outubro de 2018, é lembrado por dois lances polêmicos. O Bahia fez dois gols, com Clayton e Ramires, logo anulados após consultas ao VAR.

Pela Copa do Brasil, os times duelaram em outras duas ocasiões. Em 2011, após empatar em 1 a 1 em Salvador, o Bahia assistiu o Athletico-PR golear na partida de volta por 5 a 0, com destaque para Paulo Baier, autor de dois gols. Em 1992, o Esquadrão empatou sem gols na Arena da Baixada e perdeu por 2 a 1 na Fonte Nova.

Quem apita o duelo entre Athletico-PR e Bahia é o árbitro Marcelo de Lima Henrique, do Ceará. Ele será auxiliado pelos assistentes Nailton Júnior de Sousa Oliveira, do Ceará, e Eduardo Gonçalves da Cruz, do Mato Grosso do Sul. Na arbitragem de vídeo, o responsável será Rodrigo Nunes de Sá, do Rio de Janeiro, que pertence ao quadro da FIFA. Ele terá o auxílio de Silbert Faria Sisquim e Ricardo Marques Ribeiro.

JOGOS DE VOLTA DAS OITAVAS DA COPA DO BRASIL

Terça-feira, 12 de julho
20h30 – Athletico-PR x Bahia (ida: 2×1)
21h00 – Cruzeiro x Fluminense (ida: 1×2)

Quarta-feira, 13 de julho
19h00 – Goiás x Atlético-GO (ida: 0x0)
19h30 – Ceará x Fortaleza (ida: 0x2)
21h30 – Santos x Corinthians (ida: 0x4)
21h30 – Atlético-MG x Flamengo (ida: 2×1)

Quinta-feira, 14 de julho
20h00 – Palmeiras x São Paulo (ida: 0x1)
21h00 – Botafogo x América-MG (ida: 0x3)

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Deixe seu comentário