Bahia não perde para o Vila Nova há 6 anos e venceu últimos três jogos por 1 a 0

Esquadrão de Aço possui cinco triunfos a mais que o adversário da 17ª rodada da Série B

Foto - Heber Gomes / Vila Nova

A seis pontos do primeiro time fora do G-4, que é o Criciúma, o Esporte Clube Bahia viaja até Goiânia para visitar o Vila Nova, nesta sexta-feira (8), às 19h, no Estádio Onésio Brasileiro Alvarenga (OBA). Após o empate em 0 a 0 com o Grêmio na Arena Fonte Nova, considerado pelo técnico Enderson Moreira como um resultado amargo, a perspectiva do Esquadrão de Aço pode ser boa em caso de consideração do retrospecto diante do Tigre.

 

Nos 18 confrontos feitos contra time goiano, a equipe baiana tem desempenho superior, sendo nove contra quatro do adversário da 17ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, além de cinco empates. Especificamente na Segundona, Vila Nova e Bahia duelaram 13 vezes. O último jogo acabou com o triunfo tricolor por 1 a 0, na terceira fase da Copa do Brasil do ano passado, no dia 9 de junho, com gol do atacante Gilberto, mesmo placar do jogo de ida, que teve gol de Rodriguinho, garantindo a classificação tricolor para as oitavas de final.

Pela Série B, o último encontro foi em 2016 e terminou com triunfo do Bahia também por 1 a 0, no Estádio Serra Dourada, com gol do volante Juninho. A última derrota do Bahia para o Vila Nova aconteceu no dia 5 de julho de 2016, quando perdeu por 1 a 0, em Salvador, pela 15ª rodada da Série B.

Por consequência, o Esquadrão está há pouco menos de seis anos sem perder para o Time do Povo. O próximo encontro entre eles vai acontecer no dia 8 de junho, e coloca frente a frente times em polos opostos na competição. Enquanto o Tricolor é o 3º colocado, com 29 pontos, o time goiano é o lanterna com apenas 12.

Deixe seu comentário

Autor(a)

06/07/2022 às 23h00

Pedro Moraes

Jornalista, formado pela Universidade Salvador (Unifacs). Possui passagens em vários ramos da comunicação, com destaques para impresso, sites e agências de Salvador e São Paulo. Contato: [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*