Vitória multa auxiliar e jogadores envolvidos em briga generalizada

o diretor de futebol Rodrigo Pastana comunicou aos três, ainda em Fortaleza, a decisão do clube em aplicar a multa.

Foto: Reprodução

Logo após o jogo deste sábado (11), contra o Atlético-CE, que terminou empatado por 1 a 1, pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C, o Esporte Clube Vitória anunciou por meio de nota que multou o assistente técnico Ricardo Amadeu e os atletas Mateus Moraes e Eduardo, que se envolveram na briga generalizada nos acréscimos do segundo tempo e acabaram expulsos pelo árbitro. Ainda segundo o comunicado, o diretor de futebol Rodrigo Pastana comunicou aos três, ainda em Fortaleza, a decisão do clube em aplicar a multa. A confusão começou após expulsão de Eduardo e Yan Costa, ainda em campo. Na saída, os dois se desentenderam e trocaram socos.

 

Confira o comunicado

“A diretoria do Esporte Clube Vitória decidiu multar o assistente técnico Ricardo Amadeu e os atletas Mateus Moraes e Eduardo que se envolveram em confusão durante a partida contra o Atlético Cearense, sábado à noite, em Fortaleza. Os três foram expulsos pelo árbitro. As ações desprovidas de espírito esportivo não representam o pensamento de formação dos profissionais e pessoas que trabalham na instituição. O diretor de futebol Rodrigo Pastana comunicou aos três, ainda em Fortaleza, a decisão do clube em aplicar a multa.”

Deixe seu comentário

Autor(a)

12/06/2022 às 9h40

Fellipe Costa

Redator e Administrador do Futebol Bahiano. Contato: [email protected]

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*