Guto destaca nova postura e maturidade do Bahia para vencer o Operário

"Um jogo importante contra uma equipe que só tinha perdido para o Cruzeiro", disse.

Foto: Instagram/Bahia

Na noite deste sábado, o Esporte Clube Bahia venceu o Operário por 1 a 0 no Estádio Germano Kruger, em Ponta Grossa, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, com gol marcado pelo meia Lucas Mugni. Com o triunfo, o Esquadrão chegou aos 25 pontos e se mantém na vice-liderança do Campeonato Brasileiro da Série B, três pontos abaixo do líder Cruzeiro, que ainda joga na rodada, e abrindo oito pontos de distância para o 5º colocado (Grêmio). Em entrevista após a partida, o técnico Guto Ferreira destacou a mudança de atitude da equipe e maturidade para voltar a vencer como visitante.

 

“Um jogo importante contra uma equipe que só tinha perdido para o Cruzeiro. É a segunda derrota deles em casa. Se a gente perde, eles teriam encostado na zona de classificação. Foi uma equipe montada com potencial de crescimento. O fato deles terem perdido não tira a capacidade deles de acesso. Só que nós fizemos uma partida diferente das outras, com maturidade, postura de preocupação geral de equilibrar a equipe, de não deixar o adversário gostar do jogo, valorizou a posse”, disse.

“Eles tiveram ali, até os 20 minutos, o jogo mais equilibrados, com eles um pouquinho melhores. As chances que eles tiveram foram chutes de fora da área e nós tivemos, além do gol, várias bolas em condições, chute na área… Tivemos um volume ofensivo interessante e que poderia fazer o placar elástico. Mas fico feliz com o nosso segundo triunfo fora. Todos falam que os times que eu monto não ganham fora, então está mais uma aí para eles, esses caras que querem colocar plaquinha no pé dos outros”, completou.

Na opinião do treinador, a cobrança interna do grupo por resultados na competição tem gerado frutos positivos. Essa foi a terceira vitória seguida do Tricolor na competição nacional.

“Isso mostra a capacidade do Bahia na competição. Quando a gente vai a Tombos e perde, a gente fica chateado, mas o Tombense tinha empatado com Cruzeiro e Vasco. Nós falhamos, mas isso é do jogo. Acho que essa derrota trouxe um amadurecimento momentâneo do grupo e uma cobrança que está gerando resultados”, finalizou. 

O Esporte Clube Bahia volta a campo na próxima terça-feira (14), às 19h, para enfrentar a Chapecoense, na Arena Fonte Nova, onde tem 100% de aproveitamento, com seis triunfos em seis jogos. O duelo é válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. Uma semana depois, na quarta-feira (22), o Esquadrão encara o Athletico-PR, às 19h30, em Salvador, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário