Fabiano Soares critica árbitro após empate do Vitória com o Atlético-CE

"Hoje não ganhamos por uma atitude do árbitro, dois pênaltis claros", disse.

Foto: Reprodução / EC Vitória

Na noite deste sábado, o Esporte Clube Vitória voltou a tropeçar e mesmo atuando com um jogador a mais durante todo o segundo tempo, apenas empatou com o Atlético Cearense, por 1 a 1, no Estádio Presidente Vargas, em Fortaleza (CE), pela 10ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série C. Rafinha marcou para o Leão, mas Caio Acaraú igualou para o time cearense. Em entrevista após o jogo, o técnico Fabiano Soares atribuiu à arbitragem o empate do Leão e reclamou de dois pênaltis não marcados.

 

“Hoje não ganhamos por uma atitude do árbitro, dois pênaltis claros que não foram marcados, perdemos muitas chances de gol. Não fomos capazes de fazer o segundo gol, mas merecíamos a vitória. Criamos várias ocasiões de gol. Tivemos dois pênaltis claros que o juiz tinha que ter marcado”, disparou. 

Nos acréscimos do segundo tempo, uma confusão tomou conta da partida, após as expulsões de Yan Costa e Eduardo, que trocaram socos na saída do campo, gerando uma briga generalizada. A partida terminou com seis expulsões. “Vamos trabalhar para que nunca mais aconteça”, pontuou o treinador. 

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Baiano Sub-20: Vitória coloca um pé na final; Bahia joga neste domingo
  2. Jacuipense recebe o líder ASA em busca do triunfo para se manter no G-4

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*