Sub-17: Técnico elogia atuação do Bahia, mas prega ‘pés no chão’ para a volta

Rogério assumiu o comando do time Juvenil do Esquadrão de Aço no mês de fevereiro.

Foto: Divulgação / EC Bahia

O Esporte Clube Bahia venceu ontem o Fortaleza pelo placar de 3 a 0, no Estádio Metropolitano de Pituaçu, pelo jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil. Em entrevista após a partida, o técnico do time sub-17 do Bahia, Rogério Ferreira, elogiou bastante a atuação da sua equipe, porém, pregou pés no chão para confirmar a classificação no jogo de volta em solo cearense.

 

“O resultado foi importante, mas acho que mais importante que resultado foi o desempenho, que fez com que a gente chegasse esse placar. Sabemos que o adversário já conseguiu reverter o resultado negativo na fase anterior e estamos bem atentos a isso, com os pés no chão, entendendo o que fizemos de bom para reproduzir e também vamos trabalhar as nossas deficiências para que a gente minimize o poder de recuperação deles”, disse.

No comando do time Juvenil do Esquadrão de Aço no mês de fevereiro, o profissional também falou um pouco sobre como tem sido esses primeiros meses de trabalho no CT Evaristo de Macedo.

“Vou resumir da seguinte forma, eu venho de São Paulo, não vim com a minha família, mas em momento algum eu me senti longe de casa. Então, desde o primeiro dia que eu entrei no clube, a maneira com que todos me receberam, me trataram, fez com que eu me sentisse muito confortável, desde o primeiro dia. Então, parece que eu estou há anos aqui no Bahia. E assim eu espero ficar”, declarou.

 

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Rodada começa boa, e Bahia encara a Ponte Preta de olho na liderança da Série B

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*