Vice-campeão em 2020, Agnaldo Liz celebra título do Baianão 2022

"Estava engasgado. Mostramos todo o planejamento, a prioridade que demos à competição"

Foto: Reprodução/TVE

Após o empate em 1 a 1 no primeiro jogo no Estádio Antônio Carneiro, o Atlético de Alagoinhas conquistou neste domingo o bicampeonato baiano ao vencer o Jacuipense pelo placar de 2 a 0 no Estádio Eliel Martins, em Riachão do Jacuípe. Os gols do Carcará foram marcados por Thiaguinho e Paulinho. O técnico Agnaldo Liz, que foi vice-campeão em 2020 comandando o Atlético perdendo a final para o Bahia, comemorou bastante a conquista inédita na sua carreira. No ano passado, o Atlético foi campeão sob o comando de Sérgio Araújo.

 

“É daquele jeito. Estava engasgado. Mostramos todo o planejamento, a prioridade que demos à competição, respeito pelo adversário, crescemos no momento certo. Fomos melhores que o adversário nos dois jogos. Esse título foi para a torcida. Bicampeonato. Vamos chegar com tudo em Alagoinhas.”, afirmou o treinador, em entrevista à TVE, após a conquista.

Além de se tornar o primeiro time do interior a chegar três vezes consecutivas na final do Campeonato Baiano, o Atlético de Alagoinhas agora iguala o Fluminense de Feira, ambos com dois títulos baianos. Porém, o Carcará se tornou o primeiro time do interior baiano a ser bicampeão em sequência. Em 2021, o Atlético superou o Bahia de Feira vencendo na Arena Cajueiro por 3 a 2 e conquistou o Baianão pela primeira vez.

Deixe seu comentário!

PUBLICIDADE

1 Trackback / Pingback

  1. Após bicampeonato baiano pelo Atlético de Alagoinhas, técnico Agnaldo Liz acerta com o Altos-PI

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*