Com Grupo City, clube da 2ª divisão se tornou o maior comprador do Uruguai

Montevideo City passou de figurante na Segundona do Campeonato Uruguaio para protagonista no mercado da bola

Interessado em comandar o departamento de futebol do Esporte Clube Bahia, o City Group Football adquiriu apenas um clube no futebol sul-americano, o Montevideo City. No entanto, a única compra do conglomerado dono no Manchester City gerou muitos recursos ao time uruguaio. Em 2017, a compra foi efetuada quando a agremiação de craques como Luis Suárez e Edinson Cavani ainda se chamava Club Atlético Torque.

 

Fundada em 2007, o Montevideo City, agora, está consolidado na elite do Campeonato Uruguaio. Além disso, o clube é detentor do posto de equipe que mais investe em contratação de jogadores entre os clubes do país. Conforme o “Transfermarkt”, site especializado na cobertura da janela de transferências internacional, a equipe celeste atende a 85% de todo o investimento endereçado a reforços por times uruguaios nas duas temporadas mais recentes.

A quantia acumula 8 milhões de euros (cerca de R$ 40,3 milhões) oriundos dos cofres do City dos 9,4 milhões de euros (aproximadamente R$ 47,3 milhões) envolvidos desde o segundo semestre de 2020 com a aquisição de direitos econômicos de atletas de futebol.

Com o terceiro plantel mais caro do Uruguai, de acordo com o “Transfermarkt”, o Montevideo City chegou de forma inédita em uma competição continental – a Copa Sul-Americana – no ano passado. Em seguida, neste ano, integrou as fases preliminares da Copa Libertadores da América, onde foi eliminado nos pênaltis pelo Barcelona de Guayaquil, do Equador.

Deixe seu comentário!

2 Trackbacks / Pingbacks

  1. Bahia de Feira empata de novo e segue sem vencer e marcar gol na Série D
  2. Veja os gols de Ypiranga-RS 2 x 1 Vitória pela 3ª rodada da Série C

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*