Após 12 jogos, Jadson acerta rescisão de contrato e deixa o Vitória

Jadson não rendeu o esperado e participou da eliminação na fase de grupo do Campeonato Baiano

Contratado no início da temporada para ser uma das lideranças do time, o meia Jadson não faz mais parte do elenco do Esporte Clube Vitória. Nesta terça-feira, como esperado, o jogador de 38 anos se reuniu com a diretoria do Leão e acertou a rescisão de contrato. O atleta havia pedido para ser liberado do jogo contra o Ypiranga, em Erechim, alegando problemas familiares. Dono do maior salário do elenco, disputou 12 jogos pelo Vitória em 2022, com dois gols e uma assistência anotada. Novo executivo de futebol do Rubro-Negro, Rodrigo Pastana falou sobre a saída do meia na sua apresentação oficial.

 

“Infelizmente não sei, não fiz parte da rescisão [de Jadson]. Quando cheguei já foi nos colocado sobre a rescisão”, afirmou o novo diretor de futebol rubro-negro.

Natural de Londrina (PR), Jádson Rodrigues da Silva acumula passagens pelas divisões de base de PSTC e Internacional, mas se profissionalizou no Atlético-PR, em 2003. Após se destacar pelo Furacão, foi negociado com o Shakhtar Donetsk, da Ucrânia, onde atuou por sete temporadas. Retornou ao futebol brasileiro em 2012 para jogar no São Paulo, fazendo parte do elenco campeão da Sul-Americana em 2012. Passou também pelo Corinthians, onde foi bicampeão brasileiro (2015 e 2017), além do Tianjin Tianhai, China, e do Athletico-PR. Jadson também acumula convocações para Seleção Brasileira, sendo campeão da Copa das Confederações em 2013.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário