Guto cita desgaste e gramado ao justificar derrota do Bahia para Juazeirense

"A questão dos fundamentos, nossa equipe tem tido 87 a 89% de passes certos"

O Esporte Clube Bahia segue decepcionando no Campeonato Baiano. Neste domingo, o Esquadrão perdeu para a Juazeirense pelo placar de 1 a 0, em Juazeiro, com gol marcado por Deysinho. Com o revés, o Esquadrão permanece na 6ª colocação, com 6 pontos, três pontos abaixo do Vitória, que abre a zona de classificação. Já a Juazeirense contabiliza agora 6 pontos, deixando a vice-lanterna e assumindo o oitavo lugar. Em entrevista após o jogo, o técnico Guto Ferreira citou o desgaste do elenco e o gramado do Estádio Adauto Moraes.

 

“A questão dos fundamentos, nossa equipe tem tido 87 a 89% de passes certos nas partidas. De 5 a 7% ou mais de aproveitamento em relação ao ano passado, o que mostra que o time evoluiu. Com o campo de hoje, ficou inviável qualquer tipo de situação. Não são dois ou três dias que fazem adaptar. Fizemos um treino ontem, mas fica inviável. Nós jogamos quinta e eles estavam sem jogar há 15 dias. Nós desgastados e eles de tanque cheio”, disse.

Sobre o fato de ter sido o primeiro time a perder para a Juazeirense em 2022, Guto rebateu dizendo que o adversário tinha 15 dias treinando com o novo treinador e com reforços.

“Não tinha vencido, mas não tinha 15 dias com o novo treinador e com contratações novas. É uma equipe nova. Eles totalmente adaptados e nós não conseguimos jogar o nosso jogo. Tentamos fazer jogadas, ligações diretas, não conseguimos. Eles têm o domínio do estilo de jogo que o campo propõe. Tomamos o gol no início, quando a gente estava se adaptando na partida”, ponderou.

O Esporte Clube Bahia volta a campo na quarta-feira (02) para enfrentar o Atlético de Alagoinhas, às 19h15, no Estádio Antônio Carneiro, pela 7ª rodada do Campeonato Baiano, confronto decisivo pela briga pela classificação à semifinal do Estadual. Já a Juazeirense joga na quarta-feira, às 20h30, contra o Grêmio Anápolis, no Estádio Jonas Duarte, em Goiás, pela 1ª fase da Copa do Brasil.

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário