Bahia de Feira é goleado pelo Coritiba e se despede da Copa do Brasil

Rhuann e Caíque marcaram os gols do Tremendão

Foto - Felipe Dalke / Coritiba

A Copa do Brasil começou para o futebol baiano na última quarta-feira. O Atlético de Alagoinhas entrou em campo precisando vencer para alcançar a classificação, e deu trabalho ao CSA, ficou apenas no empate em 1 a 1 no Estádio Antônio Carneiro, e acabou eliminado. Na noite desta quinta-feira, foi a vez do Bahia de Feira estrear na competição e também não conseguiu avançar, sendo derrotado pelo Coritiba por 5 a 2 na Arena Cajueiro, em Feira de Santana. Rhuann e Caíque marcaram os gols do Tremendão, enquanto Léo Gamalho (2x), Robinho e Clayton (2x) anotaram os tentos do Coxa.

 

O Bahia de Feira começou melhor e abriu o placar aos 23 minutos do primeiro tempo. Diones finalizou e a bola tocou no braço de Léo Gamalho. O árbitro marcou pênalti e Rhuann converteu. A resposta do Coxa foi rápida e também de pênalti, cobrado por Léo Gamalho, que se redimiu do pênalti cometido e marcou não apenas o empate, como a virada aos 42 minutos. Na etapa final, aos 17 minutos, Caíque empatou e colocou fogo no jogo, mas o time paranaense novamente não demorou a responder, e aos 24, Robinho recebeu passe de Gamalho e colocou o Coxa na frente. Aos 41 e 48, Clayton marcou duas vezes e fechou a conta.

Fora da Copa do Brasil, o Bahia de Feira volta seu foco para o Campeonato Baiano, e no dia 6 de março, enfrenta a Juazeirense, às 18h30, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana, pela 7ª rodada do Estadual.

As duas primeiras fases da Copa do Brasil são disputadas em jogo único. Na primeira, que reunirá 80 clubes, o time pior colocado no ranking da CBF joga em casa, enquanto a equipe mais bem posicionada terá a vantagem do empate. Na segunda, em caso de empate, a decisão da vaga será na disputa por pênaltis. A partir da terceira fase, os duelos terão partidas de ida e volta, também com decisão por penalidades em caso de igualdade no placar agregado.

Doze clubes serão somados aos 20 que alcançarem a terceira fase: os nove representantes do país na Copa Libertadores deste ano (Atlético-MG, Palmeiras, Flamengo, Fortaleza, Corinthians, Red Bull Bragantino, Fluminense, América-MG e Athletico-PR), os campeões das Copas Verde (Remo) e do Nordeste (Bahia), além do campeão da última Série B (Botafogo).

Autor(a)

Fellipe Costa

Administrador e colunista do site Futebol Bahiano. Contato: futebolbahiano2007@gmail.com

Deixe seu comentário