Jobson recebe proposta do futebol paraguaio e deixa o Sete de Setembro

Por meio de nota, o Sete disse que respeita a decisão de Jobson e que a contratação dele foi um privilégio.

Foto: Reprodução

Após publicar um vídeo de despedida alegando ter sido “enganado” e pouco tempo depois apagar o vídeo e decidir permanecer no Sete de Setembro, o atacante Jobson deu outra reviravolta na sua carreira e não vai vestir a camisa do time pernambucano. O jogador de 33 anos foi apresentado como a maior contratação Setembrina para o Campeonato Pernambucano, mas recebeu uma proposta do futebol paraguaio, e após apenas 10 dias de trabalho no Sete-PE, deixa o clube sem sequer estrear.

 

Por meio de nota, o Sete disse que respeita a decisão de Jobson e que a contratação dele foi um privilégio. “Agradecemos ao atleta pelo privilégio que nos deu com sua presença, por ter alegrado a nossa torcida mesmo que por um curtíssimo período e afirmamos também que entendemos perfeitamente que o futebol é um esporte dinâmico onde as pessoas que o praticam de forma profissional estão sempre sujeitas a receber ofertas atrativas as quais fazem com que qualquer profissional, assim como em qualquer profissão, opte por aceitar ou não. Respeitamos a decisão do atleta e desejamos sorte no seu próximo desafio. Que seja bem-sucedido!”

Natural de Conceição do Araguaia (PA), Jobson Leandro Pereira de Oliveira foi revelado pelo Brasiliense e acumula passagens por Santa Maria-DF, Jeju United da Coreia do Sul, Botafogo, Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano, Al Ittihad FC da Arábia Saudita, Capital CF, Portuguesa-RJ, Independente Tucuruí, União Cacoalense e agora defendendo o Campinense.

Natural de Conceição do Araguaia (PA), Jobson Leandro Pereira de Oliveira foi revelado pelo Brasiliense e acumula passagens por Santa Maria-DF, Jeju United da Coreia do Sul, Botafogo, Atlético-MG, Bahia, Grêmio Barueri, São Caetano, Al Ittihad FC da Arábia Saudita, Capital CF, Portuguesa-RJ, Independente Tucuruí, União Cacoalense, Campinense e Capixaba, do Espírito Santo.

Deixe seu comentário!

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*