De saída do Ceará, meia o Athletico-PR está no radar do Bahia

Em 2021, com a camisa do Ceará, Jorginho disputou 36 jogos

Foto: Fábio Lima/O POVO

Além do volante Fabinho, que está em negociações a pedido de Guto Ferreira, outro jogador que defendeu o Ceará em 2021 está no radar do Esporte Clube Bahia para a temporada, segundo informação do portal “Mais Goiás”. Trata-se do meio-campista Jorginho, de 30 anos, que pertence ao Athletico-PR, mas não está nos planos do clube para essa temporada. O vínculo com o Furacão encerra no final deste ano, mas o jogador deve ser novamente emprestado. Além do Esquadrão, outros clubes demonstraram interesse em Jorginho. O Atlético-GO, onde ele teve três passagens, e o Sport.

 

Em 2021, com a camisa do Ceará, Jorginho disputou 36 jogos (15 como titular e 21 como reserva), com quatro gols e quatro assistências. Pela identificação e também por disputar a Série A, o Atlético-GO obviamente largaria na frente para contratar o meio-campista, no entanto, existe uma desavença do clube goiano com a diretoria do Athletico-PR, o que torna a negociação complexa, segundo o presidente Adson Batista. Já o Sport será concorrente do Bahia na Série B do Brasileiro em 2022.

Natural de Goiânia (GO), Jorge de Moura Xavier, mais conhecido como Jorginho, começou na base do Vila Nova, onde se profissionalizou em 2010. Acumula passagens também por Grêmio Anápolis, Seongnam IC (Coreia do Sul), Al-Qadisiya (Arábia Saudita), mas foi no Atlético-GO onde passou boa parte de sua carreira até aqui, sendo três passagens: 2013 a 2014, 2015 a 2017 e 2019 até meados de 2020. Ao todo, foram 267 jogos pelo time goiano e 45 gols marcados. Em 2020, Jorginho deixou o Atlético-GO para defender o Athletico-PR, mas disputou apenas 6 jogos e foi emprestado ao Ceará, onde atuou 36 vezes em 2021, com 4 gols e 4 assistências.

Deixe seu comentário!

1 Comentário

  1. Vai montar time de master?
    Esta direção do Bahia, não tem planos nenhum para a divisão de base, política de mesclar experientes com jogadores jovens.
    Nada mudou,
    continua atitando para todos os lados.
    Tá quando você contrata estes treinadores mea boca, só indica jogador que trabalhou com ele, mea boca também.
    Não enxerga jogador, as vezes jovens de outo mercado, que nunca trabalhou
    com ele, mais de muito potencial.

1 Trackback / Pingback

  1. Clubes baianos estreiam na Copa São Paulo de 2022 nesta terça

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*