CBF aumenta premiações da Copa do Brasil; veja valores dos times baianos

As partidas da fase inicial da competição estão previstas para os dias 23 e 24 de fevereiro

Competição mais rentável do futebol brasileiro, a Copa do Brasil oficializou um aumento nos valores das premiações para a edição 2022. O campeão receberá R$ 60 milhões, 4 milhões a mais do que na última edição, isso contando apenas o prêmio pelo título. Contando todas as fases, pode receber até R$ 80 milhões. As premiações na primeira e segunda fase são divididas pelos grupos em que cada clube se encontra, levando em conta a posição no Ranking Nacional de Clubes. Já a partir da terceira fase, a cota é única, independentemente do grupo.

 

Por ter conquistado a Copa do Nordeste no ano passado, o Esporte Clube Bahia entra na 3ª fase da Copa do Brasil e receberá R$ 3 milhões pela participação. Outros quatro clubes baianos disputam a competição desde a primeira fase. Vitória, Juazeirense, Bahia de Feira e Atlético de Alagoinhas, estão no Grupo 3 e receberão R$ 620 mil pela participação. Se avançarem de fase, ganham como premiação o valor de R$ 750 mil.

As partidas da fase inicial da competição estão previstas para os dias 23 e 24 de fevereiro e dois e três de março. Os jogos da primeira fase são definidos em apenas uma partida, com o mais bem colocado no Ranking Nacional da CBF como visitante e jogando pelo empate. As finais estão previstas para 12 e 19 de outubro.

Os clubes já conheceram seus adversários. O Vitória estreia fora de casa contra o Castanhal-PA. A Juazeirense encara o Grêmio Anápolis-GO. O Bahia de Feira, por sua vez, recebe o Coritiba, na Arena Cajueiro, em Feira de Santana, enquanto o Atlético de Alagoinhas encara o CSA, no Carneirão, em Alagoinhas.

Veja abaixo os valores das premiações e os grupos:

Grupo I (15 primeiros colocados no Ranking Nacional de Clubes da CBF 2022):

América (MG), Athletico (PR), Atlético (MG), Bahia (BA), Ceará (CE), Corinthians (MG), Cruzeiro (MG), Flamengo (RJ), Fluminense (RJ), Fortaleza (CE), Grêmio (RS), Internacional (RS), Palmeiras (SP), Santos (SP) e São Paulo (SP).

Grupo II (demais clubes participantes da Série A do Brasileiro):

Atlético (GO), Avaí (SC), Botafogo (RJ), Coritiba (PR), Cuiabá (MT), Goiás (GO), Juventude (RS) e Red Bull Bragantino (SP).

Grupo III (demais times):

ABC (RN), ASA (AL), Alagoinhas (BA), Altos (PI), Anápolis (GO), Azuriz (PR), Bahia de Feira (BA), Brasil (RS), Brasiliense (DF), Botafogo (SP), Campinense (PB), Cascavel (PR), Castanhal (PA), Chapecoense (SC), Ceilândia (DF), Costa Rica (MS), CRB (AL), Criciúma (SC), CSA (AL), Ferroviária (SP), Ferroviário (CE), Figueirense (SC), Fluminense (PI), Globo (RN), Glória (RS), Guarani (SP), Humaitá (AC), Icasa (CE), Juazeirense (BA), Lagarto (SE), Londrina (PR), Manaus (AM), Maricá (RJ), Mirassol (SP), Moto Club (MA), Náutico (PE), Nova Iguaçu (RJ), Nova Venécia (ES), Novorizontino (SP), Paraná Clube (PR), Paysandu (PA), Ponte Preta (SP), Porto Velho (RO), Portuguesa (RJ), Pouso Alegre (MG), Oeste (SP), Operário (PR), Operário (MT), Real Noroeste (ES), Remo (PA), Rio Branco (AC), Salgueiro (PE), Sampaio Correa (MA), São Raimundo (RR), São Raimundo (AM), Sergipe (SE), Sousa (PB), Sport (PE), Tocantinópolis (TO), Tombense (MG), Trem (AP), Tuna Luso (PA), TunTum (MA), União (MT), URT (MG), Vasco da Gama (RJ), Vitória (BA), Vila Nova (GO) e Volta Redonda (RJ).

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Danilo Fernandes diz que escolheu ficar no Bahia mesmo com propostas da Série A

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*