Bahia figura no Top-10 dos brasileiros com melhores aproveitamentos na história da Libertadores

Tricolor venceu seis jogos, além de cinco empates e três derrotas conquistadas nas participações da competição

O campeonato mais impactante entre os clubes América do Sul, a Copa Libertadores da América, abrange a participação das equipes mais renomadas das temporadas do futebol continental. No futebol brasileiro, o caminho para fácil para disputar o torneio é o Brasileirão, que classifica os seis primeiros colocados, mas sempre pode virar G-7, G-8 ou até mesmo G-9 dependendo dos campeões de outros campeonatos. Em 2022, teremos mais uma vez um nordestino disputando a competição. O Fortaleza, que terminou a Série A na 4ª colocação, se tornando o primeiro nordestino classificado na era dos pontos corridos.

 

O primeiro time brasileiro a disputar a Libertadores foi o Esporte Clube Bahia, em 1960, após ser campeão da Taça Brasil de 1959. O Tricolor também jogou em 1964, como vice da Taça Brasil de 1963, em 1989, como campeão do Brasileirão de 1988. Nesse sentido, entre os times brasileiros com melhores aproveitamentos na competição, o Bahia aparece no TOP-10, com 60,71% de aproveitamento nas três participações. Em suma, o Esquadrão de Aço somou seis triunfos, cinco empates e três derrotas.

Como resultado no ranking geral dos 10 principais clubes nacionais, o Bahia figura na 8ª posição. Na ponta da tabela está o Paysandu, responsável pelo percentual de 70,83%, atribuído à cinco vitórias, dois empates e uma derrota. Atual vice-campeão brasileiro, o Flamengo aparece na 5ª colocação, com 61,99% de rendimento, o qual inclui 81 vitórias, 32 empates e 36 reveses.

Outro detalhe trata-se do Criciúma, detentor de 66,67% em aproveitamento na Libertadores da América. No geral, o time catarinense, que conquistou o acesso à Série B deste ano, acumula seis triunfos, dois empates e duas derrotas. Atual bicampeão consecutivo do torneio, o Palmeiras é o time que mais disputou a Libertadores, e ao todo soma três títulos, empatado com Santos, São Paulo e Grêmio.

Deixe seu comentário!

1 Trackback / Pingback

  1. Presidente da Juazeirense justifica saída do técnico Francisco Diá

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*